Casa ON

01. imagem DESTAQUE

O terreno localiza-se a uma cota bastante elevada, numa encosta voltada essencialmente a Sul, que permite vistas desafogadas para o Vale da Barragem do Caldeirão – Guarda. A disposição da implantação do edifício teve em consideração vários factores fundamentais, tais como: exposição solar, condições de habitabilidade, acessos e valorização de vistas, aliados às pretensões e expectativas do requerente e à própria morfologia do terreno. A pedido do requerente, pretende-se construir um edifício de habitação unifamiliar, composto por 4 quartos (tipologia V4).O terreno tem uma pendente ligeiramente acentuada, que desce de Poente para Nascente, daí que a entrada para a habitação seja feita através de Poente, de modo a tirar partido das condições naturais do terreno, minimizando de alguma forma custos de aterro/desaterro. Uma das particularidades de todo o projecto prende-se com a localização da entrada principal, que se prevê inevidente, à qual se acede, através de um “corredor” exterior a Nascente, coberto pela volumetria do piso superior.

03
A disposição em “L” permite uma abordagem mais intimista a toda a solução, uma vez que desta forma o edifício “vive para dentro”, muito direcionado para a área exterior de lazer e para zona da piscina, voltando costas à estrada principal (a Norte/Poente). A habitação “abre” maioritariamente para a orientação Sul/Nascente, usufruindo de vistas formidáveis e de uma salubridade invejável. Em termos formais, o volume social ganha especial importância pela sua dimensão e pela previsão de uma pala corrida que funciona como um “boca” que abre o volume totalmente a Sul. Por sua vez, o volume dos quartos, que conta com uma cércea mais baixa, “encaixa” no volume social, de uma maneira quase natural. A Sul do volume social surge a piscina, localizada numa plataforma ao nível do piso 0. Trata-se de um espaço cuidado que se prevê como uma extensão da sala, remetendo o interior para o exterior, numa harmonia quase natural. A piscina, desenhada com borda infinita em duas das faces, localiza-se numa extremidade da plataforma, permitindo que a água “escorra” pelos muros de suporte.

FICHA TÉCNICA
Designação: Casa ON
Função: Habitação Unifamiliar
Localização: Cubo – Guarda
Data início da obra: Janeiro 2023
Valor (estimativa): 250.000,00€
Autor: arq. João Madalena
Colaboração: arq. Hugo Menoita / arq.
Nuno Caramelo / arq. João Pereira

Foto João MadalenaJOAOMADALENA so onlineCada pequeno passo que damos visa acrescentar mais um grão de areia neste imenso mar que representa a nossa existência. Por isso assumimos diariamente a responsabilidade de abraçar novos desafios, novas exigências, novas responsabilidades visando a procura de uma perfeição que apesar de sabermos que é impossível de atingir, nunca deixará de guiar o nosso caminho. Esta procura incessante é garantida pela dedicação de uma equipa coesa, solida, dinâmica e multifacetada com a qual colaboram regularmente um conjunto de consultores nas mais variadas áreas de especialização, guiada pelo responsável e fundador da empresa João Madalena, formado em arquitectura pela Escola Superior de Artística do Porto. Equipa Técnica: João Madalena, arq. Hugo Menoita, arq. Nuno Caramelo, arq. João Pereira, arq. João Pires, renderização 3D

GABINETE:

JOÃO MADALENA, ARQUITECTURA

 

 

Comentários:

Deixe uma resposta

Tem de iniciar a sessão para publicar um comentário.