Casa Canotilho

01_foto DESTAQUE

Refere-se o presente projeto à Alteração e Ampliação de Habitação Unifamiliar, localizada no Centro Histórico da cidade da Guarda, no limite da antiga urbe muralhada, uma vez que a fachada principal está no alinhamento da muralha existente.

Trata-se de um imóvel, composto por dois pisos habitáveis, com cobertura inclinada de duas águas que, pela inscrição visível na fachada, foi construído no ano de 1920.

De uma maneira geral, é nosso objetivo preservar o edificado existente, na sua componente física e formal, reformulando e reaproveitando o interior recondicionando-o às atuais formas de habitar. Uma vez que as áreas não eram suficientes, acoplámos à edificação existente uma nova construção que se desenvolve a poente/norte, aproveitando a configuração do próprio terreno.

0203

A nova construção “abraça” a edificação existente, recuada da fachada principal, de maneira a não ofuscar a casa-mãe que, assim, consegue manter as suas características principais. Para que a casa-mãe sobressaia e se imponha nas suas características originais, propomos que a nova construção seja maioritariamente revestida pelo exterior com ripado de madeira tratada. Esta diferenciação de materiais e texturas permite fazer a distinção entre o antigo e o recente de uma forma clara e evidente, marcando as épocas em que se inserem as duas construções.

Foi ainda fundamental prever uma área capaz de acolher um novo quarto e espaços de arrumos. Assim e para evitar que a composição geral edificada fosse muito invasiva e muito “pesada”, pensou-se numa volumetria “à parte”, deslocada da construção principal mas que ao mesmo tempo fosse vista e sentida como parte integrante de toda a solução. Uma das particularidades do projeto é a previsão de uma plataforma exterior revestida com ripado de madeira, semelhante à utilizada nas fachadas, que garante um carácter unificador a toda a proposta.

0405

Volumetricamente a cobertura do edifício existente mantém as duas águas, no entanto, houve a necessidade de subir a cota de cumeeira ficando, com a presente proposta, alinhada com a cota de cumeeira do edifício adjacente a Sul. Outra das curiosidades
da proposta, prende-se com o facto do volume novo manter o alinhamento da água poente, integrando-se de uma forma muito singular.

FICHA TÉCNICA
Autor: arq. João Madalena
Colaboração: arq. Hugo Menoita / arq. Nuno Caramelo
Design 3D: João Pires

Designação: Casa Canotilho
Função: Habitação Unifamiliar
Localização: Guarda
Data início da obra: Setembro 2022

Foto João MadalenaJOAOMADALENA so onlineCada pequeno passo que damos visa acrescentar mais um grão de areia neste imenso mar que representa a nossa existência.

Por isso assumimos diariamente a responsabilidade de abraçar novos desafios, novas exigências, novas responsabilidades visando a procura de uma perfeição que apesar de sabermos que é impossível de atingir, nunca deixará de guiar o nosso caminho. Esta procura incessante é garantida pela dedicação de uma equipa coesa, solida, dinâmica e multifacetada com a qual colaboram regularmente um conjunto de consultores nas mais variadas áreas de especialização, guiada pelo responsável e fundador da empresa João Madalena, formado em arquitectura pela Escola Superior de Artística do Porto.

 

GABINETE:

JOÃO MADALENA, ARQUITECTURA

Comentários:

Deixe uma resposta

Tem de iniciar a sessão para publicar um comentário.