Evolução tecnológica das UTA

Revista Anteprojecto - Março de 2020 - pg38cNos últimos anos o sector do turismo em Portugal tem sido um forte dinamizador da economia e um dos suportes da recuperação económica do país. O forte crescimento deste sector tem assentado numa vasta oferta e numa dinâmica adaptação a novos mercados com a renovação e recuperação de espaços em alguns pontos essenciais das regiões mais visitadas. Deste ponto de vista, o turismo em Portugal tem atuado como uma alavanca sustentada do sector da construção, imprimindo um dinamismo e uma velocidade a um sector que estagnou com a crise sofrida no início da década anterior.

Novos desafios surgem, para que fornecedores, instaladores, projetistas e todos os envolvidos neste mercado consigam acompanhar esta nova filosofia de trabalho. Surgem projetos de renovação, onde é necessário adaptar todos os equipamentos a realidades existentes. Estas renovações introduzem constrangimentos no fabrico dos equipamentos, obrigando a adoção de filosofias de fabrico adaptadas ao cliente e ao projeto. Obrigatoriamente os equipamentos têm que se adaptar aos constrangimentos físicos, tecnológicos e de instalação. Apesar desta filosofia de construção (onde o equipamento é que se adapta ao espaço), o lead time necessário continua a ser bastante curto.

Projetos com estas características necessitam obrigatoriamente de uma elevada preparação dos fabricantes. Uma grande capacidade técnica (para absorver todas as especificidades do projeto), uma forte dinâmica produtiva (adaptação rápida do ciclo produtivo), uma estreita correlação com a cadeia de fornecimento (o fornecedor deve ser parte integrante do problema), uma elevada preparação tecnológica. A necessidade de diversos sistemas de comunicação (com protocolos de comunicação já existentes e em utilização), a eficiente utilização de anéis de controlo para manter os elevados níveis de performance energética definidos em espaços já concretizados, a utilização das mais recentes tecnologias de monitorização com capacidade de ligação à Word Wide Web e à Cloud, tornam-se fundamentais e fulcrais neste tipo de projetos.

A Sandometal, uma empresa com 41 anos de mercado, focou-se neste tipo de projetos, e consegue neste momento fabricar sistemas modulares, completamente integrados e adaptados a cada espaço, com acompanhamento técnico para todo o sistema, com tempo de fabrico abaixo da média nacional, e com sistemas tecnológicos apoiados em parceiros líderes de mercado. Por tudo isto, a Sandometal, tem sido um apoio fundamental nesta área e com projetos de referência em diversos locais. Vamos continuar a crescer e a desenvolver as ferramentas necessárias para poder servir este sector de forma mais eficiente e sustentada.

Revista Anteprojecto - Março de 2020 - pg38b

Revista Anteprojecto - Março de 2020 - pg38aEstrada Nacional 10, Km 126,5
2615-701 Sobralinho
Tel: +351 219 937 890 | Email: [email protected]
www.sandometal.pt

Comentários:

Deixar uma resposta

Tem de ter a sessão iniciada para publicar um comentário.