Mais um ano de crescimento para a Schindler

shcindlerA Schindler voltou a crescer em 2019, apesar das incertezas políticas e económicas verificadas a nível global. Os mercados enfrentaram o protecionismo, a volatilidade da moeda e uma subida dos custos laborais. Apesar do contexto, a Schindler conseguiu aumentar a sua carteira de encomendas em 3,9%, alcançando 12.123 milhões de francos suíços e a receita aumentou 3,6%, alcançando os 11.271 milhões de francos suíços. Os lucros operativos alcançaram, por seu lado, os 1.258 milhões de francos suíços, que correspondem a uma margem EBIT de 11,2%. O lucro líquido foi de 929 milhões de francos suíços e o cash flow operativo situou-se nos 1.185 milhões de francos suíços.

A Schindler volta a registar valores anuais positivos, uma conquista que, analisada no contexto do setor do transporte vertical a nível internacional, foi favorecida pelo aumento da procura geral no mercado das novas instalações. Tal foi impulsionado, principalmente, pela região da Ásia-Pacifico, sobretudo China e América do Norte.

No caso concreto da Schindler, os bons resultados têm também na sua base uma aposta na inovação e na tecnologia, considerando que a empresa adotou uma postura clara, direcionada para a transformação digital do negócio. Desta forma, a solução ‘Schindler Ahead’ aumentou significativamente o número de unidades conectadas, abrindo caminho para a transição da conectividade e funcionalidade na cloud.

Esta realidade digital não interfere, no entanto, com as atividades mais tradicionais do Grupo ao nível de negócios. A instalação de equipamentos de transporte vertical e a reabilitação continuam a ser as suas principais fontes de rendimento. Todas estas atividades seguem as premissas claras que identificam a marca, como a garantia de segurança e a excelente qualidade das suas equipas e colaboradores.

A conjugação de tradição e futuro posiciona a Schindler como um dos maiores líderes mundiais do setor, uma liderança que é, há vários anos, acompanhada por um crescimento sustentável.

No geral, na Schindler, todas as linhas de produtos geraram crescimento em comparação com o ano anterior. A Ásia-Pacífico foi a região que mais cresceu, seguindo-se a América e EMEA (Europa, Médio Oriente e África).

Mais informação:

Schindler

Comentários:

Deixar uma resposta

Tem de ter a sessão iniciada para publicar um comentário.