3 Moradias Geminadas, Talaíde

Final_frente B

Apresenta-se o projecto de 3 Moradias, duas delas com carácter unifamiliar e uma Bifamiliar, todas com condicionante geminada, para 3 lotes de terreno seguidos, num loteamento de construção já consolidado. Todos os lotes apresentam uma topografia plana e prepupõem-se que os acessos à moradia, bem como a infraestruturação da construção, sejam feitos pelo arruamento principal confinante.
O núcleo de Acessos horizontais e verticais das moradias, foi determinado relativamente à sua configuração e localização, pela possibilidade de servidão tanto para o contexto unifamiliar, como para a bifamiliar, acautelando o menor volume possível de área para este fim, uma vez que a área bruta de construção máxima era algo reduzida.
As fachadas frontal e tardoz são marcadas pelos vãos de sacada em todos os espaços, vãos esses resguardados com portadas de correr em ripas de madeira Termo modificadas, que inserem algum movimento nas mesmas. A tardoz e no contexto de logradouro mais privativo abre-se um envidraçado de canto que marca os espaços mais amplos das moradias – Salas e Suites.

Final_tras B
Na fachada lateral, marcada pela entrada e pelos acessos verticais, replicou-se a métrica das ripas de madeira ao alto, que possibilitam a iluminação dos acessos.
Quanto aos revestimentos exteriores, além da marca evidente das ripas de madeira, que são uma vez mais replicadas no resguardo do muro confinante com a via pública, procurou-se os tons neutros e escolheu-se  materiais entre o branco e o cinza.  Destaca-se o revestimento de todo o piso térreo em pedra calcária, tipo vidraço Ataija Cinza, que marcam o embasamento do edifício, e na cobertura inclinada, as telhas cerâmicas planas na cor cinza.

Moradias_Piso0

Moradias_Piso1

 

FICHA TÉCNICA
Arquitectura:
darq – arquitectura, design 3D
Fase – Licenciamento

Designação: 3 Moradias Geminadas, Talaíde
Função: Habitação Unifamiliar e Bifamiliar
Localização: Talaíde, Cascais
Data conclusão da obra: 2023

 

Arq Diana Correia Falcãodarq.cdrFormada em 2007 pela Universidade Técnica de Lisboa, e após várias experiências profissionais, não só em ateliers de arquitectura, mas também na área comercial e do design de mobiliário, a Arquitecta Diana Correia Falcão fundou o atelier darq em 2016. Desde a sua fundação que, o foco de trabalho do atelier tem sido direccionado para o mercado residencial, sendo ainda uma pequena parte reservada para o desenvolvimento de outro tipo de trabalhos, sobretudo na área da restauração e comércio/serviços.
Na vertente habitacional, procuram-nos sobretudo para projectos de reabilitação, mercado que está a crescer cada vez mais, não só pelo interesse em recuperar o nosso património, mas também pelos incentivos que a legislação e os municípios têm promovido em áreas de reabilitação urbana. Na construção de raiz, temos em especial atenção, a integração no contexto onde se insere e preocupações de sustentabilidade e de eficiência energética, vertente essa que tem cada vez mais emergência em ser desenvolvida, no contexto actual.
A actividade do atelier darq passa, não só pela elaboração de projectos de arquitectura desde o seu conceito á sua concretização física em obra, mas também pelo desenvolvimento de outro tipo de serviços complementares como modelação tridimensional de espaços e renderização, design de interiores, reabilitação e desenvolvimento de mobiliário específico.
O atelier tem consolidadas parcerias específicas nas diferentes áreas complementares à arquitectura, relações essas que adicionam sinergias e valor ao produto final. Em todo o processo, a procura pelo detalhe e pela leitura imediata dos requisitos da intervenção, fazem a diferença no processo e na satisfação e proximidade ao cliente.

Projectos em carteira:
2 Moradias Geminadas, Atibá, Cascais, 2021
Legalização e Alterações de Habitação, Anexos e Piscina, Sesimbra, 2021
3 Moradias Geminadas, Talaíde, cascais, 2021
Projecto de execução de 5 Moradias, Odivelas, 2020

 

GABINETE PROJECTISTA:

DARQ – ARQUITECTURA, DESIGN 3D

 

 

Comentários:

Deixe uma resposta

Tem de iniciar a sessão para publicar um comentário.