Molu House

NOARQ 01

Refere-se a presente memória ao projeto de arquitetura de uma moradia unifamiliar em Chaves.
A topografia do terreno apresenta uma pendente com um desnível de 12m entre o ponto mais alto, a norte, e a rua municipal, a sul. O terreno situa-se no cume de um promontório e dispõe ao sul de uma ampla e deslumbrante vista sobre um vasto território trasmontano.
A proposta, constituída por habitação e anexo, estende-se perpendicular ao caminho público: os dois elementos do projeto constituem uma sequência de 2 retângulos implantados com os topos paralelos ao caminho. Os alçados nascente e poente de habitação e anexo apresentam-se como dois prismas trapezoidais unidos (ou separados) por um pátio retangular.
O programa do edifício desenvolve-se no sentido nascente-poente ao longo do corredor de distribuição: abrem-se em sequência a sala de estar, a sala de jantar e cozinha, num contínuo espacial. O quarto de banho social estabelece o limite entre a zona social e a zona privada da casa, constituída por dois quartos de dormir com quarto de banho privado. No extremo poente do corredor, uma porta liga o interior da habitação aos alpendres que abrigam abraçam a casa, o pátio e o anexo, criando um percurso perimetral coberto.
O alçado sul é desenhado exclusivamente por um alpendre balanceado sobre o declive da encosta. Esta varanda abrigada, exposta à ampla paisagem flaviense, tem como função a regulação da radiação solar ao longo do ano. Durante os meses quentes fornece sombra desejada aos espaços interiores, durante os meses frios permite a entrada dos raios solares para aquecimento passivo da habitação.
A varanda liga todas divisões da casa cuja a frente integral em vidro amplia o espaço interior. É o espaço de contemplação da paisagem, onde os habitantes se deleitam e perdem o olhar no horizonte longínquo.
Do ponto de vista construtivo prevê-se uma edificação constituída por lajes e paredes em betão armado, isoladas termicamente pelo interior com painéis de lã de rocha acabados em reboco. A cobertura prevê-se em zinco cor cinza antracite.

NOARQ 02

 Designação
Habitação unifamiliar
 Função
Habitação
 Localização
Chaves, distrito de Vila Real
 Data conclusão da obra
Setembro 2022

Ficha Técnica
Arquitectura: N O A R Q – José Carlos Nunes de Oliveira
Colaboradores: arch. Gaia Ferraris – project manager; arch. Sofia Toni, arch. Alfonso Alvarez, arch. Roberto Vale

NOARQ 03NOARQ 04 NOARQ é o nome próprio de uma vontade de fazer e pensar à mão, desde 2000, entre Porto e Trofa.
Evoluiu para um espaço de pesquisa, conceção e produção através do desenho para o território, a arquitetura e os objetos quotidianos, com o objetivo de contribuir para a melhoria da qualidade de vida do homem.
NOARQ assenta a sua prática no acolhimento, atendimento e recolhimento – medindo a insatisfação, os apetites e adjetivos, com vista a obtenção de uma resposta concreta ao problema.
A proposta é sustentada por realismo, crítica por natureza, desinibida (porque é criativa), arriscada e esforçada porque opera nos limites.
O trabalho desenvolvido compromete-se com os advérbios de tempo, lugar, de ordem, de interrogação, de inclusão e de dúvida. Desdenha os advérbios de quantidade, de modo, de negação e exclusão em busca de prática idónea, responsável e perseverante.

Projectos em carteira:
– PSA house,
– MTMG house,
– Vila Liborio,
– 2R2 house,
– RPFV house,
– ED&JO house.

Gabinete:

NOARQ

Comentários:

Deixar uma resposta

Tem de ter a sessão iniciada para publicar um comentário.