Reabilitação do Centro Médico MIPS com tetos Armstrong

Centro Medico MIPS com tetos Armstrong

Reabilitação do Centro Médico MIPS com tetos Armstrong

A renovação do centro médico MIPS Fundació Privada, situado em Igualada, é um projeto com cinco pisos e um total de 5.210 m2, que consiste numa remodelação exterior do edifício, assim como numa reorganização interior.
Nesta fase da obra, o atelier de arquitetura de Jaume Riba i Samarra e a designer de interiores Virgínia Riba centraram-se na distribuição interior dos espaços do primeiro e segundo piso, onde se encontram os consultórios médicos, receções e salas de espera. Interiormente conceberam-se diferentes áreas, dotando-as de longos corredores, que visam criar zonas mais concêntricas e dar mais protagonismo à luz.

Os arquitetos aproveitaram a ampla fachada existente para inundar as salas de espera de luz natural, um elemento muito importante em espaços como estes, nos quais os pacientes passam a maior parte da sua visita médica.

Tetos Armstrong de fibra mineral na otimização das instalações

Centro Medico MIPS com tetos Armstrong_1Não só é importante investir recursos no aproveitamento da entrada de luz natural, como também a instalação de tetos de fibra mineral desempenha um papel preponderante na forma como esta energia é aplicada. Por esse motivo, no centro médico MIPS optou-se pelo modelo Perla da Armstrong para os consultórios. A gama Perla assegura o máximo aproveitamento energético e de luz natural, graças ao seu elevado índice de reflexão. Representa até 20% de poupança na iluminação artificial e tem um efeito direto no conforto dos pacientes e na produtividade dos funcionários.

Por outro lado, a clínica conta com outros modelos de tetos Armstrong para se adaptar às distintas necessidades de cada sala, como é o caso do Optima Vector e das ilhas acústicas Canopy. Além disso, instalaram-se mais de 900 m2 do novo modelo ULTIMA+ com o detalhe de rebordo SL2. Os elevados níveis de reflexão da luz que toda a gama oferece (até 87%), influenciam de forma positiva a manutenção de uma iluminação apropriada nos espaços interiores, permitindo uma poupança energética na ordem dos 16%, graças à iluminação indireta. Acresce que a dimensão das ditas placas é de 1500×300, medidas fora do habitual, ainda que standard para a Armstrong, facto esse que proporciona maior beleza e minimalismo ao projeto.
O produto conta também com um equilíbrio perfeito entre a absorção e a atenuação do som, tendo uma certificação C2C Bronze. Revelou-se a solução ideal para o edifício, onde predominam os espaços abertos, os corredores e as salas de espera.

Como tal, o centro médico MIPS dispõe agora de consultórios com uma organização estética e prática, e com a possibilidade de redução do consumo energético, graças, entre outras medidas, à colocação de tetos Armstrong de fibra mineral, que melhoraram a qualidade luminosa e acústica do espaço.

Centro Medico MIPS com tetos Armstrong_2

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Detalhe de uma parte do primeiro piso, no qual foram instalados tetos ÚLTIMA+ (a verde), PERLA (a rosa), Ilhas acústicas (a violeta).


ULTIMA+

Com uma superfície lisa, branco azulado, oferece um maior brilho para uma elevada reflexão da luz. Além disso, este sistema
também proporciona um equilíbrio entre a absorção e a atenuação acústica.

Centro Medico MIPS com tetos Armstrong_3Características
 Absorção acústica de até 0,75 (H)
 Reflexão muito elevada da luz: 87%
 Superfície resistente a riscos
 Rebordos com melhor acabamento e mais duradouros
 Certificado C2C Bronze / ISO 5 / A+
 Garantia do sistema de 30 anos
 Acabamento lateral SL2
 Atenuação acústica Dnfw 40 dB

Aplicações
ULTIMA+ adapta-se perfeitamente aos espaços diáfanos, assim
como corredores

Mais informações:

info‐[email protected]
Armstrong Ceiling Solutions

Comentários:

Deixar uma resposta

Tem de ter a sessão iniciada para publicar um comentário.