Construção LSF – Estrutura em aço leve

SPIT029

SPIT038Atualmente, com a necessidade de reabilitar o património existente, podemos e devemos integrar o conceito de LSF (Light Steel Frame) nas cidades inteligentes. Este tipo de construção é uma opção mais eficiente relativamente aos métodos tradicionais na reabilitação, sendo que possibilita a instalação de infraestruturas inerentes ao desenvolvimento tecnológico, sem requerer alterações profundas dos edifícios, uma das grandes vantagens deste conceito.

O sistema construtivo altamente industrializado que permite a redução do prazo de execução, e do impacto ambiental no acesso às zonas históricas. Tem desempenho sísmico reconhecido, devido à diminuição de carga sobre as estruturas existentes, e utilização de produtos certificados em condições extremas (Gama SPIT XTREM). A escolha de inserção de estruturas mais aligeiradas, com a inclusão de madeiras e estruturas metálicas, requer uma ligação que deve seguir parâmetros pré-definidos, tendo em conta a reabilitação sísmica.

Os fabricantes de fixações têm desenvolvido os seus produtos premium direcionados para estas aplicações. Pelo que a marca francesa SPIT, através da sua gama XTREM, desenvolveu soluções com os mais altos critérios de certificação sísmica. Estes critérios passam por estudar as soluções em parâmetros sísmicos C1-C2, a introdução em zonas sujeitas a fissuração, e o estudo do desempenho ao fogo. Desta forma, já não se desrespeita a fixação dos elementos, estando esta associada à capacidade de carga ou desempenho da solução global. É notório que, para além de uma análise dos produtos e soluções, a sua interação é demasiado importante para ser ignorada. A SPIT certificou também ligantes para ancoragens, conhecidos como resinas químicas, para períodos mínimos de 100 anos, duplicando-os em relação aos restantes.

Cada vez mais se recomenda a utilização de soluções que permitam grandes resistências, com reduzidas proximidades do bordo às fixações. Neste sentido, a Tecofix aconselha a utilização de ancoragens químicas ou da tecnologia SPIT Tapcon (parafusos auto-roscantes de betão).

O LSF é coadjuvante de vários métodos construtivos, em prol de maior eficiência energética e estrutural, tornando-se assim, um sistema para os mais variados tipos de acabamentos, com um comportamento térmico e acústico elevado.

Esta tecnologia construtiva dará origem a intervenções no património mais adequadas, para que este perdure por períodos cada vez mais longos, tornando a sua reabilitação mais sustentável, e o património mais protegido, valorizado, e integrado no conceito das Smart Cities.

Autor: Eng.º Joselito Pereira

 

Mais Informações:

WWW.TECOFIX.PT
Eng.º Joselito Pereira
[email protected]

Comentários:

Deixe uma resposta

Tem de iniciar a sessão para publicar um comentário.