Sedimentar Villa

01_BORDEIRA

A casa debruça-se sobre o mar, numa extensa área de promontório, dotando-se de inúmeros espaços funcionais entrelaçados entre eles.
Mas não ostenta e pertence ao lugar.
Sigilosa, entre amendoeiras e alfarrobeiras, é Algarvia.

02_BORDEIRA PATIO
Dos espaços nomeia-se a extensa e aberta Sala com zonas de estar, jantar, leitura e jogos, todos com vista mar. Estes espaços circundam a grande lareira fumegante, peça geradora de e spacialidade. Ela será também parte integrante da extensa cozinha que conforta e acolhe.
A Luz Natural, imprescindível, vai criando melodias na casa através de aberturas estratégicas. Como exemplo a chaminé de acesso à cobertura, junto à sala de jantar, o pátio da lavandaria e o pátio de Luz entre a entrada e a sala de cinema.

03_BORDEIRA SALA04_BORDEIRA cozinha
A sala de cinema é mais do que isso. Será versátil para poder receber actuações, pequenas palestras, conferencias e o que mais a imaginação deixar. Terá opção de sala iluminada ou completamente escurecida, e é o espaço da casa que coexiste entre o piso térreo e o piso -1.
A villa sedimentar conta ainda ao nível do piso -1 com spa, ginásio, garrafeira, biblioteca, entre outros, iluminados naturalmente através de pátios com acesso também à zona exterior.
Para a boa mobilidade conta ainda com um ascensor.

05_BORDEIRA piscina vista mar07_BORDEIRA quarto
Pela Luz, na zona dos quartos, a casa sofre uma inflexão voltando o seu alçado literalmente para nascente. A suite maioral bem como uma zona de trabalho privada irão dispor-se num nível elevado, o único volume do 1o piso da casa que vê mais além. A restante cobertura será pontualmente usada para mirador e circuito plano de corrida. Mas a casa quer-se térrea. A vista já lá está, e a piscina usufrui dela. O terreno é descendente em direcção ao mar e nele se plantam e transplantam árvores autóctones desenhando o caminho do olhar.
A casa não esquece as ruínas existentes e a eira a sul. Das ruínas nascem zonas exteriores de estar e de descanso junto à piscina e da eira uma zona sombreada de piqueniques e fogueiras nas noites de lua cheia. É de notar o interesse pelas casas de arquitectura vernacular existentes à cota baixa junto à estrada, abaixo do promontório onde se eleva a casa. As mesmas deverão ser reabilitadas optimizando as zonas de auxilio à casa, algum estacionamento automóvel permanente, habitação para auxiliares e espaços para visitantes amigos.

FICHA TÉCNICA
Fase: Concurso empreitada
Gabinete projetista: caveoffice
Área: 750 m2
Engenharia: JVeng
Visualizações: caveoffice

Designação: Sedimentar Villa
Função: Habitação
Localização: Bordeira / Estoi, Portugal
Dono de Obra: Vernet
Data início da obra: 2022

 

foto equipa_cave officeLogoLiderado por João Veríssimo e Miguel Cavaleiro, o atelier multidisciplinar desenvolve o seu trabalho de forma sensível e crítica, em torno do local de intervenção e os modos de vida e necessidades de cada cliente. Focados no desenvolvimento de projectos de Arquitectura, com especial atenção ao desenho de Interiores, Iluminação e Mobiliário.
Todos os trabalhos envolvem soluções integradas para cada um dos projectos em conjunto com os clientes e uma equipa de profissionais especializados, de modo a assegurar todas as necessidades estéticas, funcionais e técnicas do projeto.

Principais projetos em carteira:
-Loja Cascais Jovem_Parede para a Câmara Municipal de Cascais
-Túnel de Vento de in-and skydiving para a Dreamfly
-Hotel e Loteamento turístico na Quinta da Lameira em Vila Nova da Barquinha
-Requalificação do Eixo Central da Baixa da cidade de Faro
-Butique Hotel e Restaurante Peixoco em Setúbal
-Hotel Rural em Valhelhas
-Hotel Rural em Lentiscais, Santiago do Cacém
-Restaurante Indigo na praia da Foz do Lizandro
-Guest house em Porto Covo,
-Edifício de 14 Apartamentos em Faro
-Condomínio turístico em Sagres
-Apartamento na Rua de São Paulo, Lisboa
-Sedimentar Villa, Bordeira

Equipa de colaboradores:
Andréia Veríssimo
Francisco Neves
Rita Lains

GABINETE PROJECTISTA:

CAVE OFFICE – Arquitectura e Design

Comentários:

Deixe uma resposta

Tem de iniciar a sessão para publicar um comentário.