OPINIÃO: A eficiência energética e a construção sustentável

Jose Martos retrato so online

José Martos
CEO da Saint-Gobain Portugal

Atualmente, verifica-se um consumo excessivo de energia no setor dos edifícios em Portugal, o que constitui um esforço financeiro enorme por parte das famílias que mantiverem ótimos níveis de conforto em casa. Como consequência, o oposto à tão almejada construção sustentável. Acredito que devem ser desenvolvidos esforços que permitam a construção e a reforma de edifícios mais eficientes, com vista a reduzir os consumos energéticos do edifício ao longo do seu ciclo de vida, garantindo ao mesmo tempo o conforto e o bem-estar dos seus ocupantes.

Hoje, as inovadoras técnicas de construção, os novos materiais e os avanços tecnológicos estão a aperfeiçoar a eficiência energética dos novos edifícios e são muitas as empresas do setor a trabalhar no sentido de desenvolver soluções eco-friendly, que promovam um melhor comportamento da edificação, permitindo um menor consumo de energia.

Neste contexto, considero essencial destacar a parceria da Saint-Gobain Portugal com a Associação Passivhaus Portugal, através da mais recente iniciativa global “Eficiência: A Primeira Energia Renovável” – “Efficiency: The First Renewable Energy”. Com o hashtag #EfficiencyFirst, a campanha procurará aumentar a consciência para o papel vital que a eficiência energética nos edifícios tem na procura constante de alcançar os objetivos para a ação climática. A campanha irá demonstrar também que os edifícios Passive House proporcionam ambientes saudáveis, confortáveis e sustentáveis.

A campanha integra-se na perfeição com o nosso propósito #MakingTheWorldABetterHome, já que também somos uma empresa totalmente comprometida na melhoria dos nossos indicadores ambientais. Exemplo disso é o webercol flex lev, da marca Weber, vencedor do Prémio Cinco Estrelas na Categoria Cimento-Cola, que prioriza a utilização de materiais reciclados, fomentando a arquitetura sustentável. Além deste, existem outros produtos mais amigos do ambiente das marcas ISOVER, Placo® e Weber.

O nosso objetivo cimeiro, enquanto líder mundial nos mercados de habitat e construção, passa por assumirmos a responsabilidade especial de incentivar a construção sustentável, face a questões como a urbanização acelerada, o crescimento da população mundial, a diminuição dos recursos naturais e as mudanças climáticas

No atual contexto mundial torna-se particularmente importante que os profissionais do setor contribuam para inverter a tendência, adotando uma conceção sustentável dos edifícios, através do recurso a técnicas passivas que melhorem a sua eficiência energética, sem que essa ação contribua para o significativo aumento do custo de produção do edifício.

 

Comentários:

Deixe uma resposta

Tem de iniciar a sessão para publicar um comentário.