Hospital Veterinário Egas Moniz

pag1img1

pag2img1

O centro histórico de Setúbal engloba  uma panóplia de transformações urbanas, tendo o Bairro Salgado sido um marco significativo na sua história e identidade, ligado à indústria conserveira.
O Hospital Veterinário Egas Moniz irá reunir condições para o tratamento de animais de companhia, desde cães e gatos até outros animais como aves, répteis e pequenos mamíferos, considerados como animais exóticos, com clínicos prontos para receber qualquer urgência a qualquer hora. As modernas instalaçõespag2img2 terão disponíveis serviços como: medicina interna, cirurgia geral,laboratório, imagiologia (radiografia, ecografia, ressonância magnética, tac) e internamento comum, de cuidados intensivos e para pacientes infectocontagiosos.
A reabilitação do conjunto arquitectónico apresentar-se como uma infra-estrutura de alta qualidade, reconhecida pelos seus serviços e pela formação prática em tempo real dos futuros médicos pag2img3veterinários da sua instituição, composto por dois edifícios com características distintas. O edifício de traça antiga é um exemplar característico do Bairro Salgado, com dois pisos, cave alta e logradouro tardoz ajardinado, que se pretendem preservar. O edifício mais recente é recuado relativamente à frente de rua, o que permitiu manter parte do jardim pré- existente e criar duas entradas distintas num sistema ‘Dog and Cat Friendly’, onde as diversas espécies não se devem cruzar. Neste edifício foi criado um pag2img4segundo piso para tornar possível a implantação do vasto programa funcional do hospital veterinário e ensino universitário.

Designação:
Hospital Veterinário Egas Moniz
Função:
Hospital veterinário universitário
Localização:
Setúbal
Data Conclusão da Obra:
Novembro de 2021
Gabinete Projetista
Darq2 – Arquitetura & Design
Dono de Obra:
Egas Moniz – Cooperativa de Ensino Superior

FICHA TÉCNICA
Área do lote: 903.32 m²
Área de implantação: 255.35 m²
Área bruta de construção: 171.16 m²

gab projetistaFlogotipo darq2rancisco Cunhal é o grande responsável pela Darq2, conceituado gabinete de arquitectura em Lisboa, com um incontável número de projetos na capital, mas também em outras regiões do país.
Formado em arquitectura com o grau de mestre e Pós-Graduado em Reabilitação Urbana, Francisco Cunhal é descrito como o “arquiteto 24 horas”. Provém da disponibilidade do arquiteto e do seu atelier, para com as pessoas. Para este arquiteto, a responsabilidade e o cumprimento perante o cliente são a chave para o sucesso profissional.
Natural de Seia, é na capital de Portugal que Francisco Cunhal se vem destacando dentro da arquitectura e construção, aproveitando todos os seus conhecimentos e recursos, seja em arquitectura,
design ou gestão de obra, para garantir um serviço que prima pela qualidade.
Anteriormente à existência da Darq2, o arquiteto esteve vários anos ligado a trabalhos institucionais, colocando o seu traço em projectos de habitação social, museus, bibliotecas, praias fluviais, entre outros. A desvinculação com a função pública, permitiu alavancar o seu próprio atelier, onde a criatividade e a disponibilidade, espelham o espírito do arquiteto.
A Darq2 trata de todas as especialidades, tendo na sua equipa a mais-valia deste gabinete, esta é constituída por:
Cíntia Secchieri, Arq.; Hugo Saraiva, Arq.; Joana Rita, Arq.; Joana Lemos, Arq.; Ingrid Mayer, Arq.; Anita Cunhal, Gestão de Recursos

Gabinete:

DARQ2 – ARQUITETURA & DESIGN

Comentários:

Deixar uma resposta

Tem de ter a sessão iniciada para publicar um comentário.