The Wave – A Onda

John Gollings_BBBJ_Montage Aerial

A proposta visa unir funções recreativas, culturais, económicas e ecológicas numa composição coerente que reinstitui Brookes Jetty como um espaço cívico com carácter e injetauma nova vitalidade urbana no local. O projeto explora a oportunidade de desenhar uma estrutura inspirada nas geometrias fluidas da costa. O novo cais opera, tanto visual como funcionalmente, como uma transição suave entre terra e mar, uma formação costeira que medeia entre os estados sólido e líquido.
A estrutura evolui de uma configuração simples de passarela estreita para uma Praça Aquática que reativa a sua função cívica e cria novas oportunidades de lazer e desporto. O design é informado pelo ambiente marinho, evocando as formas orgânicas das ondas, peixes ou quilhas dos barcos. Concetualmente, o projeto propõe capturar uma onda, congelada no tempo e cristalizada numa topografia suave. A “onda” resulta de uma justaposição expressiva de lajes curvas e ativa um anfiteatro com dois lados. As lajes curvas alinham com o eixo norte-sul, enfatizando a relação com o sol nascente (sobre a praia de St. Kilda) e o sol poente (sobre a baía de Port Phillip). O esquema de lajes justapostas protege também os visitantes dos ventos dominantes.
A largura do cais foi aumentada para quatro metros no início da estrutura para maximizar a acessibilidade. No meio do percurso, o cais divide-se em dois caminhos separados e mais íntimos, que levam a cada lado do anfiteatro. Uma rampa suave é incorporada para que os utilizadores de cadeira de rodas possam ter acesso total.
Luzes LED foram integrados sob os corrimãos e lajes pré-fabricadas, sublinhando as formas fluidas e mantendo um perfil reduzido. A solução minimiza a luminosidade noturna e possível interferência na fauna marinha.

The Wave - A Onda 02

 Designação
The Wave – A Onda
 Função
Cais marítimo, Espaço público
 Localização
St. Kilda, Melbourne, Austrália
 Dono de Obra
Bring Back Brookes Jetty.
 Data conclusão da obra
por definir

Ficha Técnica
Arquitectura: João Araújo Sousa & Joana Correia Silva, Arquitectura
Equipa Técnica: João Araújo Sousa & Joana Correia Silva, Arquitetos
Tipo: Concurso de ideias – 1° premio (Leighton Prize)

JJSlogoJoão Araújo Sousa e Joana Correia Silva desenvolvem actividade no campo da Arquitectura e Planeamento Urbano, com vários projectos e obras de edifícios privados, intervenções de reabilitação e restauro de edifícios, desenho de mobiliário e arte pública. Têm sido premiados em vários concursos nacionais e internacionais de Arquitectura e viram os seus projectos e obras difundidas em publicações especializadas e generalistas de diversos países.
A filosofia do gabinete centra-se na criação de uma Arquitectura contemporânea em estreita colaboração com os clientes e respeitando as realidades socioeconómicas.
Enquanto Arquitectos aspiram à criação de projectos socialmente relevantes, procurando soluções inovadoras e de elevada qualidade. Desenvolvem estes conceitos com honestidade e transparência e através de uma cuidadosa escolha dos materiais e detalhe na aplicação dos mesmos, numa relação clara com o seu contexto específico.

Projectos em carteira:
– Edifício de Habitação Colectiva, Porto
– Empreendimento Turístico, S. Miguel, Açores

Gabinete:

JOÃO ARAÚJO SOUSA & JOANA CORREIA SILVA ARQUITECTURA

Comentários:

Deixar uma resposta

Tem de ter a sessão iniciada para publicar um comentário.