REAB CN2019. Conheça o Atelier aqui!

Revista Anteprojectos Outubro 2019 ed 303 pg020b

O projecto de um novo “Espaço de Turismo de Lazer”, contempla a remodelação e recuperação de uma propriedade em Chaves, para a criação de um empreendimento turístico de natureza, com uma oferta integrada de alojamento, restauração e actividades complementares.

A quinta está localizada em Casas Novas, no centro de Redondelo e e_ uma antiga propriedade agrícola, cuja pretensão é a sua recuperação e reconversão numa unidade turística com a classificação de Casa de Campo. Será eco-friendly e irá recorrer a técnicas sustentáveis de construção, promoverá as práticas de produção biológica e incentivará a preservação da natureza e do ambiente rural.

Os programas de natureza e as actividades activas constituirão a base da oferta que pretende promover o lazer, o relaxamento e a ocupação dos tempos de estadia dos hóspedes, num ambiente calmo e tranquilo que permita aproveitar períodos de descanso longe da confusão dos grandes centros urbanos.

As construções existentes não se apresentam muito degradadas, sendo o objectivo principal e determinante preservar a sua linguagem arquitectónica e carácter dominante, transformando o mínimo a sua expressão, o seu enquadramento, morfologia e volumetria dentro do contexto onde se inserem.

A proposta arquitectónica apresentada reabilita as edificações que compõem o empreendimento conferindo-lhes um novo uso. De modo a corresponder às exigências do programa pretendido. São propostos dois volumes que conferem uma ampliação e que comportam, no lado norte uma zona de restauração e no lado sul, seis suites. As ampliações assumem-se como novas, imprimindo o seu carácter moderno, mas evidenciam as construções existentes, estabelecendo um diálogo e conferindo uma harmonia ao conjunto edificado.

Esta propriedade é composta por várias edificações que anteriormente integravam um uso agrícola, com diferentes áreas de armazenamento, para máquinas agrícolas e bens de produção própria, com as zonas habitacionais localizadas no nível 1.

São edificações com um carácter arquitectónico que importa preservar, pelo seu enquadramento histórico e pelo seu ecletismo. No conjunto edificado, evidenciar-se-ão os materiais existentes, nomeadamente paredes em granito, coberturas em telha, reabilitação de pátio interior em calçada de granito, espaço marcante e de interesse espacial e distributivo, procedendo-se à reabilitação de elementos considerados importantes na composição, nomeadamente as guardas em madeira da edificação a norte e as guardas em cerâmica da edificação a sul.

O projecto elaborado para reabilitação da construção centra-se sobretudo na conservação da história, respeitando o existente, dotando-o de um novo diagrama funcional interior.

O nível 1 é dedicado ao alojamento e à restauração. Alberga um apartamento de tipologia T2 e 9 suites, com acesso a um terraço e alpendres, dotando a quinta de uma capacidade total de 22 hóspedes em simultâneo, e uma sala de restauração com capacidade para 80 pessoas. No nível 0, localizam-se as áreas comuns, que incluem: área de recepção, zona de pequenos-almoços e de recepção do restaurante, instalações sanitárias de público, um bar, uma sala de estar e um espaço dedicado ao relaxamento com um spa minimalista com sauna, jacuzzi e uma sala de massagens. Ainda no nível 0, e em zonas de serviço situam-se uma sala de estar dos funcionários, a lavandaria, os balneários | vestiários, os arrumos, a cozinha, um pequeno escritório e uma área técnica.

As zonas exteriores serão alvo de uma intensa intervenção paisagística, de modo a serem criadas área de relaxamento e de lazer para os hóspedes. Contemplará uma piscina exterior com uma área envolvente com equipamentos de apoio. Aproveitando o terreno adjacente, serão criados percursos que interliguem a casa e o terreno, permitindo realização de percursos pedestres, caminhadas e passeios de bicicleta pela natureza. Será também implementado nesse terreno adjacente um campo de mini-golfe, aberto ao público geral e não exclusivo aos hóspedes e um parque de estacionamento privativo e gratuito.

Revista Anteprojectos Outubro 2019 ed 303 pg020c

–  Designação
REAB CN2019

–  Função
Turismo Rural

–  Localização
Redondelo – Casas Novas – Chaves

–  Data início da obra
2020

Ficha Técnica
Arquitectura: César Gonçalves e Márcia Oliveira – Arquitectos
Especialidades Eng. Carlos Manuel de Couto Vieira; Eng.ª Ana Filipa Azevedo;
Eng. Rogério P. Reis; Eng. Viriato Jesus

Revista Anteprojectos Outubro 2019 ed 303 pg020dRevista Anteprojectos Outubro 2019 ed 303 pg020eCésar Gonçalves, licenciado pela Escola de Arquitectura da Universidade do Minho e Márcia Oliveira, licenciada pela Escola Superior Artística do Porto, constituíram-se como equipa em 2012, conjugando metodologias, conhecimento e know how no domínio da arquitectura, para transmitir um contributo mais rico, eficaz, versátil aos serviços que compõem o exercício da profissão. Sentido de responsabilidade, empenho e superação assim como constante aprendizagem pautam o caminho traçado profissionalmente, desde o início.
Cada projecto sustém um desafio, cujo objectivo se articula com a satisfação do cliente, o nosso próprio contentamento perante um trabalho bem desenvolvido e materializado e o contributo positivo para a sociedade e para o meio.
Os serviços prestados visam acompanhar todo o processo de projecto, desde o levantamento topográfico, a devida aprovação junto das entidades licenciadoras, a coordenação com as especialidades e o acompanhamento de obra, conduzindo, deste modo, o projecto da Concepção à Construção.
Os projectos desenvolvidos abrangem diferentes usos e funções, contemplando diversas áreas programáticas, nomeadamente a Reabilitação Urbana, a Arquitectura, a Arquitectura de Interiores e Desenho Urbano.

Projectos em carteira:
- Reabilitação de Edifício – Moradia Unifamiliar no Centro histórico de Chaves – EDF AMG2016
– Reabilitação de Edifício – 3 apartamentos no Centro histórico de Chaves – EDF MC2018
– Moradia Unifamiliar – São Pedro de Agostém – Chaves – QTA RAINHA2019- Edifício com 8 Apartamentos – Mirandela – APT CMNA2019

Gabinete:

CÉSAR GONÇALVES & MÁRCIA OLIVEIRA – ARQUITECTOS

Comentários:

Deixar uma resposta

Tem de ter a sessão iniciada para publicar um comentário.