Pavilhão desportivo. Conheça o Atelier aqui!

Revista Anteprojectos Outubro 2019 ed 303 pg012a

Pretende-se construir um pavilhão desportivo que irá permitir a prática desportiva polivalente, como Andebol, Futsal, Vólei e Basquetebol, considerando a possibilidade de ser praticado desporto adaptado nas modalidades de andebol e basquetebol em cadeira de rodas e golbol.

O volume que irá albergar o campo de jogos (40x20m) será em estrutura metálica com um revestimento em chapa metálica com o núcleo em lã mineral, enquanto os volumes de menor altura, que se destinam aos espaços de apoio, a estrutura será em betão armado, mas o seu revestimento irá alternar entre a chapa metálica igual ao pavilhão e elementos de madeira.

A proposta apresenta um edifício composto por dois volumes, o volume mais recuado em relação da via pública, será o de maior cércea e destina-se à prática desportiva. O outro volume, que irá fazer frente de rua, terá uma cércea bastante inferior ao outro, estabelecendo uma forte ligação com o espaço público e que será articulado com os arranjos exteriores. Desta forma, será possível integrar o edifício proposto face à reduzida escala destinada aos compartimentos de apoio e comerciais.

Revista Anteprojectos Outubro 2019 ed 303 pg012bA torção do volume de menor dimensão permitirá criar um átrio exterior ao equipamento, enfatizando a entrado do edifício ao público e reservar uma área para a entrada dos atletas.

O espaço exterior será tratado segundo três diretrizes. A primeira será referente à frente do edifício, onde os materiais darão continuidade ao espaço público existente, com zonas verdes pontuais. A segunda será o espaço circundante ao edifico, no seu tardoz e nascente, que será dominantemente espaço verde, com percurso pedonal, permitindo também a fruição deste espaço.

Por fim irá existir o espaço destinado ao estacionamento que será previsto como uma praça e zonas verdes circundantes.

- Designação
Pavilhão desportivo
- Função
Equipamento de utilização coletiva de iniciativa pública
- Localização
Cortes, Leiria
- Dono de Obra
Câmara Municipal de Leiria
- Data conclusão da obra
2020-2021

Ficha Técnica
Arquitetura: Arq. Jorge Costa Henriques
Colaboradores: Arq. Marília Torres, Arq. Raquel Reis
Especialidades de engenharia: MECH Consultores

Revista Anteprojectos Outubro 2019 ed 303 pg012cRevista Anteprojectos Outubro 2019 ed 303 pg012dFundada em 1993, com sede em Coimbra, conta com cerca de 14 colaboradores, estando vocacionada para as vertentes de Arquitetura e Engenharia e atuando nas áreas de projeto, fiscalização, revisão de projeto, sendo certificada pelo LNEC como Gestor Geral de Qualidade.
Com um crescimento sustentado e reconhecido no mercado, iniciou o seu processo de internacionalização no ano de 2011 com trabalhos para a África Lusófona.
Possui larga experiência em projeto nas áreas de Saúde, Escolar, Reabilitação Urbana e Obras Municipais e tem nos seus quadros uma equipa multidisciplinar que a torna eficaz e competitiva.

Projectos em carteira:
– Revisão dos projetos para edifícios de habitação em Entrecampos (SRU)
– Reabilitação do Palácio da Justiça de Coimbra
– Remodelação do Palácio da Justiça de Penafiel
– Construção do Centro Escolar da Carvoeira, Ourém
– Construção da Unidade de Saúde no Pinhal Novo
– Reconversão viária na Baixa da Banheira
– Remodelação da Urgência Geral do Hospital de Viseu
– Reabilitação de imóvel na Av. José Malhoa para a SCML (especialidades)
– Revisão dos projetos para o edifício do MUDE

Gabinete:

MECH CONSULTORES – ARQUITECTURA E ENGENHARIA, LDA.

Comentários:

Deixar uma resposta

Tem de ter a sessão iniciada para publicar um comentário.