Janelas Verdes 34-58

Revista Anteprojectos Outubro 2019 ed 303 pg010a

No coração da cidade de Lisboa, Janelas Verdes 34-58, edifício habitacional com 736,50m2 de área de implantação e 4829,35m2 de área de construção, situado junto ao Museu Nacional de Arte Antiga, assume-se como uma intervenção de alta qualidade e arquitetura de excelência. Aprimorando pelo Conforto e elegância esta nova construção, moderna e funcional, insere-se na malha histórica da capital, facilmente acessível por uma rede extensa de meios de transporte.

Destacando-se pelo equilíbrio e requinte, numa zona de intensa procura residencial e hoteleira, a proposta resulta num traço de perfeita harmonia, amostra de carácter e bom gosto, que se distribui ao longo de 6 pisos, com um total de 22 apartamentos, três T1, 15 T2 e 4 T3 na mansarda do edifício, com 46 lugares estacionamento e 22 arrecadações privadas nos pisos subterrâneos.
Por não ser possível a salvaguarda do alçado do edifício preexistente, procurou-se uma maior harmonização e equilíbrio da fachada principal, conforme a lógica construtiva da época original das edificações na envolvente. Neste sentido, de maneira a reinterpretar essa memória, usou-se nos vãos do piso térreo, caixilharia em madeira, e caixilharia metálica para as portas de entrada e portão da garagem.

EdificioHabitacaoMutifamiliarGuimaraes_4

Na fachada tardoz do edifício, optou-se por colocar elementos decorativos semelhantes aos colocados no alçado frontal por forma a conseguir um maior equilíbrio estético entre ambos. Neste alçado, protegidas da confusão da cidade, foram colocadas varandas que pretendem ser elementos leves e cuidados, com guardas em vidro e zonas de visibilidade resguardada através da colocação de lâminas em alumínio extrudido. Destas varandas temos vista para as áreas comuns do edifício no piso térreo, que dispõem de uma zona de estar exterior com piscina, ginásio e zonas verdes, das quais resulta um jardim vertical, que nos transporta para fora da cidade. Os apartamentos do piso térreo dispõem de logradouros, onde podem desfrutar de zonas verdes e de estar privativas.

- Designação
Janelas Verdes 34-58
- Função
Habitação
- Localização
Rua das Janelas Verdes 34-58, Lisboa
- Dono de Obra
Albuquerque e Simões – Empreendimentos Imobiliários, S.A
- Data conclusão da obra
Fevereiro de 2020

Ficha Técnica
Equipa Técnica de Projecto: FSimões Arquitectos Associados
Arquitectura : FSimões Arquitectos Associados
Especialidades: Silva Mendes – Engenharia Lda

Revista Anteprojectos Outubro 2019 ed 303 pg010dRevista Anteprojectos Outubro 2019 ed 303 pg010eFSIMOES Arquitectos Associados é um atelier de arquitectura sedeado em Lisboa e fundado pelo Arq.º Francisco Simões. A estrutura corporativa da empresa tanto desenvolve ideias e projetos nas áreas de arquitectura, urbanismo e design, como apresenta valências em acompanhamento de obra, fiscalização, coordenação de segurança em obra, coordenação de especialidades e instrução de processos.
As múltiplas competências foram adquiridas com experiência acumulada e através da parceria estabelecida com técnicos responsáveis nas diferentes áreas, assegurando assim soluções mais eficazes e personalizadas.
Singularidade, conforto e segurança guiam a nossa filosofia de trabalho nas mais diversas áreas onde temos incidência, como escritórios, habitação, hotelaria, serviços, saúde, restauração, etc, tendo em carteira projetos por toda lisboa e arredores.

Projectos em carteira:
– Moradias na Quinta do Cerrado, Carnaxide.
– Edifício Habitacional, São Bento.
– Edifício Habitacional, Rua da Madalena.
– Edifício Habitacional Nautilus.
– Edifício Habitacional Tejo Residence.
– Edifício de escritórios Bloom.
– Edifício Restelo Business Center.
– Loteamento da Quinta do cerrado, Carnaxide.
– Loteamento Quinta dos Pisoes, Sintra.

Gabinete:

FSIMÕES, ARQUITECTOS ASSOCIADOS

Comentários:

Deixar uma resposta

Tem de ter a sessão iniciada para publicar um comentário.