A revista Anteprojectos e o seu papel na Arquitectura – 25 anos passados

Apresentação 1

A Arquitectura é um dos conceitos mais falados desde as mais antigas civilizações, onde a sua reflexão e acção para dar forma e organizar o espaço das cidades, ou do território até aos dias de hoje tem sido uma constante, procurando responder da melhor forma à construção de espaços para as suas múltiplas actividades, desde o habitar, ao trabalhar ou ao lazer.
Desde que nascemos é nos transmitido que arquitectura é, em sua definição, a construção de edifícios e espaços. Porém, actualmente esse conceito é errado na medida em que, a arquitectura vai muito além de um espaço construído.
Arquitectura não é somente um espaço, é um ambiente planeado, concretizado e “decorado”, mas para que isso aconteça é necessário o conhecimento de novos materiais e novas tecnologias, para o melhor aproveitamento das condições oferecidas.
É um facto bem conhecido de hoje, que não existe uma ideia completamente original e, às vezes, a maior ajuda para um arquitecto é a inspiração do que veio antes. Desta forma, muitos sites e plataformas servem como fontes de inspiração, lugares onde arquitectos e designers podem ir para obter a sua própria criatividade e com uma abordagem criativa procurar reinventar o “simples” de cada intervenção.
O meu percurso académico e o de qualquer arquitecto é isto mesmo, “reinventar o inventado”, procurando muita da inspiração junto das nossas bibliotecas com tantos bons exemplos de arquitectura e que se complementa com outra fonte de inspiração, as revistas de arquitectura.
Mas num mundo em que o lado analógico está cada vez mais distante de nós e a era digital está tão presente no nosso dia-a-dia, as plataformas de arquitectura são por excelência uma fonte de inspiração, para arquitectos e mesmo estudantes, que pelos seus conteúdos ajudam na criação de uma “melhor” arquitectura e contribuem essencialmente, para uma sociedade mais informada.
Assim parece-me fácil responder a questões como:
Como fomentar a inovação e experimentação, tanto em projecto como em processos?
Como abrir oportunidades para os jovens arquitectos?
Como pensar a arquitectura e a cidade como campos de experiência?
A resposta é simples e surge com plataformas de comunicação como a revista Anteprojectos, que se revelam uma excelente forma de publicidade de produtos e serviços, uma excelente maneira de partilhar conhecimentos, projetos ou até ideias para o público em geral.
Complementando-se a sua materialização também em formato físico, é clara a sua importância na actualização dos profissionais do projecto, no domínio da tecnologia e de uma profunda partilha de soluções inspiradoras para os seus leitores.
Assim e em jeito de conclusão desta pequena reflexão, aproveito para agradecer o reconhecimento demonstrado e realçar o profissionalismo da equipa da revista, que tem sido incansável na tarefa de elevar o trabalho desenvolvido no mundo da arquitetura ao longo de 25 anos, divulgando trabalho de arquitectos, designers, engenheiros, construtoras e empresas de materiais, produtos e serviços.

Gabinete:

JMARQ. ARQUITETURA & DESIGN

Comentários:

Deixar uma resposta

Tem de ter a sessão iniciada para publicar um comentário.