WTC – Wellness, Turnkey Projects e Commercial Pools

artigo 1Quando falamos sobre um projecto, normalmente é preciso voltar atrás no tempo, é essa retrospectiva que nos permite compreender as motivações que dão início a uma determinada acção. Diria mesmo que há quase sempre uma espécie de “trigger cognitivo”!

E é na sequência desse processo de estrutura mental que tudo começa, e o gabinete WTC não foi diferente. Foi no ano de 2001 que a multinacional norte americana SCP Pool se implementou em Portugal, através da compra de uma empresa nacional. Como consequência dessa aquisição a multinacional apropria-se também de uma cultura empresarial muito focada na formação profissional qualitativa, desde então, a SCP Pool Portugal, tem feito o seu percurso assente nessa premissa do seu ADN. Enquanto player de mercado, assumimos a ambição e o compromisso de profissionalizar e potenciar o valor do mercado de forma quantitativa e acima de tudo qualitativa.

Como todos sabemos, as últimas décadas do séc. têm sido prósperas para o consumo. A alteração dos paradigmas sociais, o aumento da esperança media de vida, um considerável aumento da população, uma forte estabilidade económica e equilíbrio a nível mundial acompanhada especialmente de uma crescente sofisticação tecnológica trazem-nos a uma geração em que se criam e produzem novas gamas de produtos, a ritmos alucinantes.

Produtos que são inovadores e diferenciadores, produtos inteligentes, iterativos, dinâmicos ou simplesmente actualizações do que já existe, no entanto todos têm em comum ciclos de vida assustadoramente reduzidos. A própria internet ainda não conseguiu digerir a revolução que gerou nas práticas de consumo e consequentemente na forma de comunicação e informação. O consumidor aprendeu a olhar sem ver, a ouvir sem escutar, o que torna o perfil do consumidor cada vez mais complexo. Estamos conscientes de que vivemos tempos em que sabemos muito mas temos certeza de muito pouco.

artigo2E resulta que apesar de toda esta produção generalizada e em massa a que estamos expostos, surge o fenómeno “taylormade”, ou seja todos nós enquanto consumidores estamos sujeitos ao processo padronizado, mas o que verdadeiramente ambicionamos são as soluções personalizadas, e este foi o meu “trigger” para o projecto WTC.

Nos últimos cinco anos, a SCP, já tinha vindo a trabalhar e a promover o mercado de Wellness em Portugal, no entanto o crescimento do departamento levou-me a solicitar um upgrade e transformar o departamento num gabinete de projectos o WTC – Wellness, Turnkey Projects e Commercial Pools. Este gabinete passa a ter como objectivo não só a continuidade do desenvolvimento do mercado Wellness mas acresce à sua área de acção as especialidades de projectos chave na mão “Turnkey Projetcs” por forma a dar resposta às necessidades “taylor made”, e as piscinas de vertente Comercial – Hotéis, Ginásios, Condomínios, etc. Estas especialidades vêm assim complementar o mercado wellness, permitindo acompanhar e suportar a tendência do Serviço mais importante do país – o Turismo.

O gabinete WTC pretende dar uma resposta técnica especializada, no entanto aquilo que nos irá distinguir verdadeiramente no mercado, aquilo que será verdadeiramente a sua mais valia é o nosso envolvimento com o profissional instalador, apoiando-o junto do consumidor final. Esta abordagem de maior proximidade permite-nos entender a verdadeira “vontade” do consumidor, e adaptar a resposta técnica à premissa principal que é o ponto de vista do consumidor utilizador. Resultando numa intenção de responsabilidade de nos tornarmos parte integrante da cadeia de valor dos nossos clientes, acrescentando-lhes mais valor de mercado.

Este será o nosso grande desafio enquanto WTC, conseguir “transformar” e “humanizar” os equipamentos produzidos e concebidos de forma padronizada, em soluções individuais, disrupctivas e especiais para cada consumidor. humanizing things de forma a integra-las no modo de vida do consumidor tendo sempre em consideração as condições apresentadas pelo cliente, tais como, tecnologias de última geração, performance dos equipamentos, orçamentação, etc).

Mais informação:

SCP

Comentários:

Deixar uma resposta

Tem de ter a sessão iniciada para publicar um comentário.