Edifício Multifuncional. Conheça o Atelier aqui!

destaue 1

O edifício insere-se na malha urbana consolidada da cidade de Angra do Heroísmo na zona classificada pela UNESCO como Património Mundial da Humanidade. A presente memória descritiva referente ao Projecto de Execução de Arquitectura diz respeito ao estudo de requalificação e reabilitação de um edifício multifuncional, sito na Rua de São João, pertencente ao concelho de Angra do Heroísmo. A proposta objectiva a concretização de intenções expressas pelo requerente no cumprimento de um programa previamente estabelecido, visando a requalificação de um edifício multifuncional, intrinsecamente relacionado com a envolvente, topografia dos arruamentos, orientação solar, alinhamentos visuais e linguagem arquitectónica. Após uma análise detalhada sobre o prédio existente foram consideradas importantes as seguintes premissas:
• Manter a volumetria geral: número de pisos e configuração da fachada e cobertura do edificado existente;
• Orientação solar: tirar o melhor partido da luz natural, através de uma optimização dos vãos e relação do alçado tardoz com o pátio do logradouro;
• Separação de funções por pisos;
• Topografia do terreno: adaptação do edificado proposto às várias cotas altimétricas. A proposta mantém a área de implantação do edifício actual, de forma a alterar apenas o seu interior, respeita a traça original e a história do imóvel. O novo edifício desenvolve-se em torno do “bloco” de circulação vertical projectado no interior do lote, constituído por escadas e elevador, este faz a ligação vertical entre os 4 pisos (3 pisos + aproveitamento de sótão). O edifício divide-se em três espaços distintos: Serviços / Comércio (3 lojas), Restaurante e Apartamentos (4 apartamentos tipologias T2 e T1). Serviço/Comércio – acontece no piso 0, confinantes com a Rua de São João, estando previstos 3 espaços destinados às funcionalidades serviços e comércio; Restaurante– ocorre no piso 1, onde se situam duas salas de refeições, esplanada, cozinha, instalações sanitárias dos funcionários/ clientes e arrumos; Apartamentos– distribuem-se pelo piso 2 e aproveitamento de sótão quatro apartamentos. No piso 2 desenham-se dois apartamentos T2 de áreas generosas, compostos por: hall de entrada, sala, cozinha, lavandaria, instalação sanitária comum, quarto e suite com instalação

destaque 2

sanitária e respectivo quarto de vestir. No aproveitamento de sótão desenvolvem-se dois apartamentos tipologia T1, com uma ampla sala, num conceito “open space” relacionado com zona de refeições e  cozinha, um quarto e respectiva instalação sanitária. A linguagem arquitectónica foi respeitada e corrigidas algumas dissonâncias existentes. A forma da cobertura foi mantida de forma geral, no entanto, procurou-se resolver os grandes problemas que o edifício possuía anteriormente e que fortemente contribuíram para a sua degradação. A linguagem do perfil da Rua de São João será mantido, visto que não se vai alterar a cércea do edifício.

Ficha Técnica Coordenação e Projecto de Arquitectura:
Filipa Bettencourt
Equipa:
Joana Dias, João Alves e Frederico Alves

  Designação Edifício Multifuncional
  Função Serviços, Restaurante e Habitação
  Localização Ilha Terceira
  Data início da obra 2019/2020

destaque 3

destaque 4

Sócia-fundadora e CEO da Filipa Bettencourt Arquitectos, Arquitecta pela FAUP – Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto, em 2005. Fez intercâmbio, durante um ano, na FAU-UFRJ no Rio de Janeiro. Perita em avaliação Imobiliária certificada pela CMVM, pela Escola Superior de Actividades Imobiliárias. O Atelier Filipa Bettencourt Arquitectos, foi fundado em 2009 pela Arq. Filipa Bettencourt, conta actualmente com uma equipa equilibrada e multidisciplinar. Tem vindo a desenvolver projectos ao nível da Arquitectura e Design abrangendo vários programas e escalas. Além dos clientes privados o atelier tem ganho vários concursos públicos e guarda no seu currículo obras edificadas de reabilitação com uma vasta amplitude de programas. A prática profissional do atelier Filipa Bettencourt Arquitectos, não segue um “trilho”, ou caminho fixo. Em cada novo estudo procuramos descobrir o percurso para um entendimento específico de cada contexto.
Em cada estudo, procuramos conceitos para uma linguagem específica a partir do empenho e motivação. Acreditamos no valor que tem: a cultura local, a especificidade intrínseca e singular do lugar, a expressão de um colectivo palpável. Procuramos materializar concretamente projectos através da (re)interpretação das tradições. Identificamos as referências que nos estão gravadas na memória, as raízes e história dos locais em que idealizamos um estudo. No fundo transpomos as memórias imateriais e transformamo-las em matéria arquitectónica.

Projectos em carteira:
– Edifício Multinacional com 4 pisos.
– Reabilitação de edifício Hotel 3 estrelas
– Fase 1 (hotel constituído por 54 quartos)
– Reabilitação de uma sala de espectáculos (Sociedade).

 

Comentários:

Deixar uma resposta

Tem de ter a sessão iniciada para publicar um comentário.