Concurso público: Conceção do projeto de balneários e bancada coberta do Parque Desportivo de Cantanhede

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

A Câmara Municipal de Cantanhede acaba de abrir um concurso público para “Conceção do Projeto dos Balneários e Bancada do Parque Desportivo de Cantanhede”. O objetivo é encontrar a melhor solução arquitetónica para uma obra que deverá ascender a mais de 1,7 milhões de euros, no sentido de dotar a infraestrutura de balneários dimensionados para servir a ocupação simultânea dos três campos de futebol existentes, para permitir eliminar definitivamente as atuais instalações provisórias, devendo as propostas contemplar a construção de uma bancada coberta junto ao relvado principal.

A iniciativa parte do reconhecimento de que os atuais equipamentos de apoio a funcionar em contentores são inadequados e manifestamente insuficientes para dar resposta à prática desportiva que centenas de crianças e jovens desenvolvem no Parque Desportivo de Cantanhede, além de que não existem estruturas adequadas para acomodar a assistência que ali acorre aos fins de semana para ver as competições. São estas carências que a autarquia cantanhedense quer ver resolvidas o mais rapidamente possível. As construções a projetar para servir toda a área desportiva deverão localizar-se na parte poente do relvado de maiores dimensões, entre este e a zona de estacionamento.

Será selecionado o projeto que, por decisão de um júri já definido para o efeito, proponha a melhor solução para um edificado que integre os balneários e outras instações de apoio por baixo de uma bancada coberta com 500 ou 600 lugares, acima da qual deverá haver um espaço envidraçado para a imprensa e uma área técnica de som.

O programa preliminar impõe que sejam contemplados oito balneários grandes para equipas, cinco balneários pequenos para treinadores e árbitros masculinos e femininos, bem como uma sala para massagens com jacuzzi e tanque de gelo com capacidade mínima para cinco atletas

Por outro lado, as orientações gerais estabelecem ainda que sejam previstos espaços para diagnóstico médico, tratamento, recuperação fisica e sala de doping, uma sala polivalente para atividade física (ginásio), uma lavandaria, uma rouparia, dois arrumos para material de treino, um com 60 m2 e outro com 30 m2, bem como instalações para secretaria, gabinete de direção, sala de reuniões de direção e sala polivalente para atletas que permita convívios, reuniões alargadas, trabalho de equipa, projeção de vídeos e sala de estudo. Quanto à ocupação dos espaços envolventes ao edificado, estes ficam ao critério dos concorrentes.

Conforme consta do programa do concurso e nos termos da lei, o Município de Cantanhede celebrará com o autor do projeto classificado em primeiro lugar um contrato de prestação de serviços por ajuste direto com um preço base de 75 mil euros, acrescido de IVA à taxa legal em vigor. Aos concorrentes classificados em segundo e terceiro lugares serão atribuídos pela autarquia prémios de participação de três mil euros e de dois mil euros, respetivamente.

Mais informações:

Câmara Municipal de Cantanhede

Comentários:

Deixar uma resposta

Tem de ter a sessão iniciada para publicar um comentário.