Conferências, workshops, formações e muito mais ao longo deste mês.

O Roca Lisboa Gallery começa o ano em plena actividade. “Pelos Trilhos da Água na Arquitectura” é o primeiro de vários eventos que abordarão a referência à água na pintura e azulejaria portuguesa e que contará com 7 conferências ao longo do ano. O Palácio Nacional de Mafra e os Mosteiros da Batalha e Alcobaça são apenas alguns exemplos. Vale a pena participar.

Uma retrospectiva sobre o prémio Valmor municipal de arquitectura inicia já em Janeiro um ciclo de conferências com um leque variado de oradores para falar sobre o prémio (na primeira sessão) e sobre os edifícios premiados (sessões seguintes). Não falte!
Poderá também assistir à conferência “Eficiência e gestão de energia nos edifícios do futuro”, co-organizada pela Roca, revista Anteprojectos, Adene e KNX.
Ergonomia Sensorial também dá o pontapé de saída para um ciclo de cinco conferências dedicadas aos sentidos. O paladar é o protagonista nesta primeira conferência.
O workshop “Aqua Labs” terá a sua última sessão já em Janeiro e se trabalha em hotelaria, aproveite para participar na masterclass “Redes Sociais para gestores hoteleiros” e aprender como tirar o melhor partido nas redes sociais para a sua unidade hoteleira.
A boa notícia é que todos estes eventos são de participação gratuita. Mas com vagas limitadas, o melhor é inscrever-se já!

Conferência – «Pelos Trilhos da Água na Arquitectura»
Data: 04 de Janeiro
Horário: 18h30

54537F80-6511-461D-8BAD-1D11121697D9O Ciclo de Conferências “Pelos Trilhos da Água na Arquitectura” tem como objectivo apresentar os percursos da água na arquitectura, sublinhando o papel essencial deste elemento para a vida humana e debatendo a referência à água na pintura e na azulejaria portuguesa.
“Arquitectura da Água” – a primeira sessão, conta com dois oradores convidados: Vítor Serrão, professor catedrático da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e Alexandra Gago da Câmara, professora e vice-coordenadora do Mestrado em Estudos do Património da Universidade Aberta.

Prémio Valmor e Municipal de Arquitectura
Data: 10 de Janeiro
Horário: 18h30

93D0EB11-4A9A-4511-98C2-A8F9035CCEE2O Prémio Valmor e Municipal de Arquitectura visa premiar a qualidade arquitectónica de edifícios novos construídos em Lisboa. Iniciado em 1902 com a atribuição do prémio ao arquitecto Nicola Bigaglia pela obra Palácio Lima Mayer, o prémio conta já com várias edições, a última das quais em 2018, com a premiação da alteração do Cineatro Capitólio de Alberto de Souza Oliveira e com uma menção honrosa, atribuída ao MAAT – Museu de Arte, Arquitectura e Tecnologia.
Com a moderação do arquitecto Pedro Novo, esta primeira sessão abordará os propósitos do prémio e contará com prestigiados oradores.
Conferência – «Eficiência e gestão de energia nos edifícios do futuro»
Data: 17 de Janeiro
Horário: 18h30

4C98CDD1-E08A-4A26-B175-A38D03F25E28Como serão as cidades em 2050? Esta é a pergunta que se impõe e que será debatida nesta conferência sobre os desafios da nova Directiva Europeia para o Desempenho Energético dos Edifícios.
Serão apresentadas soluções e oportunidades que já existem e alterações que pretendem ir de encontro ao potencial de ganhos no que respeita à eficiência no sector dos edifícios.
Quatro oradores convidados vão debater o tema: Lívia Tirone, da TNHK School of Creative Leadership, com o tema “Future design: como serão as cidades em 2050?”, Rui Fragoso, da ADENE, que apresentará o “Desempenho energético dos edifícios. Desafios e oportunidades na nova EFBD 2018”, Paulo Santos, também da ADENE, que apresentará a “Eficiência e distinção: a etiqueta energética CLASSE+ de produtos e materiais” e Rui Carneiro, da KNX Portuga,l que abordará o “Controlo e gestão inteligentes de energia: o protocolo KNX e o desempenho energético dos edifícios”.
Debate – FACtual – Registo Ibérico Activo de Jovens Arquitectos
Data: 18 de Janeiro
Horário: 18h30

9D00C486-A449-468B-90F6-DCCDD7FEDC4FO reconhecimento do trabalho de jovens arquitectos é o mote desta sessão, que pretende promover um espaço de encontro e intercâmbio entre profissionais.
Como oradores convidados teremos João Luís Carrilho da Graça, arquitecto e patrono da Fundação de Arquitectura Contemporânea; Daniel Montes Estrada, patrono e membro do comité científico da FACtual; Jose Luis Muñoz, patrono e membro do comité científico da FACtual; Tomás García e Javier Castellano do atelier CUAC Arquitectura; Miguel Marcelino do atelier Miguel Marcelino, Arq. Lda. e Paulo Moreira do atelier Paulo Moreira Architectures.
O exercício da arquitectura contemporânea em Portugal e Espanha desenvolvido pela Fundação de Arquitectura Contemporânea (FAC) em colaboração com o departamento de Arquitectura do Ministério das Obras Públicas, a ASEJA e diversas faculdades de arquitectura e dirige-se a profissionais menores de 40 anos que desenvolvam a sua actividade em Portugal ou Espanha. Participe!

Workshop – «Aqua Labs»
Data: 24 de Janeiro
Horário: 10h00 – 13h30

BE65E2DF-BE56-4E6D-8DE8-CCC88FC3D1ADParticipe neste workshop sobre a água nas cidades futuras, que promove uma das questões mais preocupantes para o nosso futuro – a escassez de água.
A última sessão de um ciclo de 5 workshops liderado pela Laura Korčulanin, antropóloga designer, onde é debatida e analisada a falta de acesso à água, como combustível de muitos conflitos socioeconómicos e graves problemas ambientes e de saúde nos países em desenvolvimento.

Conferência – «Ergonomia Sensorial»
Data: 29 de Janeiro
Horário: 18h30

2212E3AA-2260-4C6C-BF80-FE89AAF85A0FUm ciclo de cinco conferências dedicadas aos sentidos. O paladar é o protagonista desta primeira conferência.
Este ciclo de cinco eventos terá́ como objectivo demonstrar a importância subjacente à estimulação sensorial no ambiente do ponto de venda e o impacto daí resultante na construção de experiências gratificantes que incrementam a ligação à marca, aumentam o tempo de permanência e proporcionam bem-estar, criando um envolvimento efectivo e emotivo no espaço físico.
Venha conhecer as respostas sobre como podem os negócios implementar estratégias no espaço físico, de modo a despertar emoções positivas no consumidor pelos testemunhos de Chakall, Chef, Tiago Quaresma, administrador do Grupo Museu do Pão e Rodolfo Tristão, sommelier no Grupo José Avillez e professor na ESHT do Estoril.

Mais informação:

Roca

 

 

Comentários:

Deixar uma resposta

Tem de ter a sessão iniciada para publicar um comentário.