Parque Desportivo e Recreativo. Conheça o Atelier aqui!

Parque Desportivo e Recreativo 01Em termos gerais, a intervenção proposta corresponde à dotação e beneficiação, em termos estruturais e funcionais, do espaço complementar à Sociedade Recreativa e Cultural de Alcobela de Cima, que tem como objetivo servira população local e dinamizar o desenvolvimento de atividades coletivas da comunidade a nível lúdico, desportivo e social.
A intervenção à infraestrutura impõem-se pelo défice de existência de espaços urbanos coletivos, bem como da dignificação de espaços exteriores, pelo que a opção recai no desenvolvimento do parque desportivo e recreativo de características públicas.
Propõe-se a implantação de zonas distintas de lazer, desportivas e de recreação, com simplicidade e serenidade no que concerne à sua interligação com a zona. Será implantada uma plataforma para um mini-campo com 18,00m x9,00m de área de jogo, com proteção nos topos de semi-luas em estrutura metálica revestida em hpl com serigrafia de movimento de posições de jogo. Terá uma proteção frontal de baias de segurança em guardas desmaterializadas em ferro metalizado e lacado e irá proceder-se à colocação de um banco de apoio.
Na zona de lazer social, será criado um módulo de churrascos aberto, com lava-loiças para apoio a eventos festivos, com um espaço para mesas na zona entre o arruamento e por de trás da baliza a nascente.
Haverá também uma zona intermédia e de transição com equipamento infantil multifunções, circundado por bancos de apoio, com zona ajardinada adjacente.
Serão ainda colocados, com uma disposição sequencial, equipamentos de fitness junto à zona ajardinada na frente arbórea proposta, virados a sul/ ponte, onde o desafogo visual é mais extenso.
Será dado um tratamento diferenciado à pavimentação, em função da sua utilização, com a utilização de pavê na zona de circulação pedonal, de betonilha afagada mecanicamente com endurecedor e grelhas envolventes na zona de jogo, sendo a zona do equipamento infantil em superfície de impacte em pavimento sintético.
As demais zona serão permeáveis, com a colocação de casca de pinheiro, gravilha/seixo bem como uma de zona verde de relva.
Em matéria de iluminação, as soluções adotadas são a Instalação de colunas de iluminação urbanas e postes de iluminação no campo de jogo, para iluminação noturna dos espaços. Ainda assim admite-se que se possa vir a instalaralguns pontos de luz de forma, com função de ornamentação e valorização do ambiente urbano no período noturno.
Em matéria de espécies arbóreas optou-se por um plano de plantação selecionado que tem como premissa a disposição de espécies arbóreas de médio porte compatível com o terreno e com o clima da região.

Revista Anteprojectos - Outubro 2018 - pg11a

A presente proposta visou, fundamentalmente, assegurar uma baixa exigência de manutenção face a uma boa resistência em termos de capacidade de carga e uma rápida regeneração se danificado. Resulta assim, de uma preocupação de associar critérios estéticos à perceção do espaço em si, na relação com a envolvente, aliada a critérios de ordem funcional e económicos ligados ao custo da sua construção e futura manutenção.
Para finalizar, refira-se que não se coloca ainda uma outra condicionante de ordem operacional, na medida em que toda esta intervenção se resume a arranjos exteriores, com as instalações necessárias para equipamentos propostos em função da sua inserção urbana, assegurando-se as condições infraestruturais essenciais.

Revista Anteprojectos - Outubro 2018 - pg11b Revista Anteprojectos - Outubro 2018 - pg11cLicenciado em Arquitetura, pela Universidade Lusíada de Lisboa, com formação complementar em avaliação imobiliária pela ESAI – Escola Superior de Actividades Imobiliárias, desenvolve um caminho sólido e dinâmico afirmando-se com base no trabalho circunspecto, em que uma das principais preocupações é estar na vida para satisfazer todos os trabalhos que são propostos com um acompanhamento individualizado, o que permite olhar para a profissão com agrado e prazer naquilo que faz.

O trabalho desenvolvido tem maior expressão em Arruda dos Vinhos de onde é natural e concelhos limítrofes, bem como em Torres Novas que adotou para se estabelecer, em espaço próprio, dedicando-se ao estudo e elaboração de projetos de diversas áreas tendo como base a arquitetura em todas as suas vertentes.

Abrange agora um leque amplo de atividades no domínio da arquitetura, com especial destaque o desenvolvimento de projetos com assinatura, com uma larga experiencia em acompanhamento e fiscalização de obras, bem como assessoria de avaliação imobiliária e consultadoria no âmbito da fiscalidade.

Assente numa filosofia de trabalho, a sua mais-valia é a elaboração de projetos, avaliações e acompanhamento de obras, do mais insignificante ao mais complexo nas mais diversas fases, contando com a colaboração de profissionais todo o terreno, através de parcerias nas mais diversas áreas, que permite dar resposta permanente a todo o tipo de desafios, criando ao longo do tempo uma relação de amizade e cumplicidade com os seus clientes.

Projectos em carteira:
• Reestruturação industrial de “Adega Cooperativa do Bombarral”;
• Moradia Unifamiliar “Gonçalves Large family”;
• Parque Desportivo e Recreativo “SRCAC”;
• Urbanização residencial “Corredouras Hauses”

Gabinete:

TELMO ALEXANDRE GASPAR MARQUES – ARQUITECTO

Comentários:

Deixar uma resposta

Tem de ter a sessão iniciada para publicar um comentário.