Reabilitação de Um Edifício na Av. Duque D’Ávila 120. Conheça o Atelier aqui!

Revista Anteprojectos - Setembro 2018 - pg08 - 01

Qualquer obra de reabilitação é sempre uma situação única em si mesma, tanto mais num caso singular como o da transformação de um edifício escritórios em habitação.
Constituem factores específicos da reabilitação do edifício em causa, as características morfotipológicas dos edifícios da envolvente próxima, nomeadamente os seus corpos balançados, o carácter das fachadas bem como dos espaços interiores em open-space do edifício existente e o espaço exterior existente no tardoz do edifício, os quais foram determinantes para as soluções propostas para reconfiguração dos aspectos exteriores e interiores do existente.
O projecto de reabilitação considera a realização de catorze habitações, com diversas tipologias, mais
concretamente, cinco T1, cinco T2, dois T3 e dois T3 Duplex.
No que se refere às fachadas, a proposta desenha uma nova envolvente para as mesmas, configurando uma expressão volumétrica a partir de um conjunto de corpos balançados, volumes encerrados, varandas e protecções para colocação de plantas, valorizada pelo recorte decorrente dos planos de sombra, e pela materialidade proposta, propondo uma unidade no tratamento das fachadas dos corpos balançados.
Considerou-se para o efeito, o revestimento e protecção integral de paredes, protecções e guardas, com perfis/barras metálicas lacadas na cor cinza claro, colocadas na vertical, valorizando e acentuando a dimensão vertical do edifício através do desenho riscado definido pelos referidos perfis, e da sua sobreposição ao reboco estanhado pintado na cor cinza escuro das paredes exteriores.

Revista Anteprojectos - Setembro 2018 - pg08 - 02A proposta da criação de protecções para os equipamentos exteriores do sistema de Ar-Condicionado, permite também a colocação de suportes destinados a vasos de flores e plantas, contribuindo este aspecto para a integração da fachada principal do edifício no corredor arbóreo, que marca a Avenida Duque de Ávila.

Revista Anteprojectos - Setembro 2018 - pg08 - 03Revista Anteprojectos - Setembro 2018 - pg08 - 04O Atelier Santa-Rita & Associados iniciou a sua atividade em 2016 tendo resultado da associação dos Arquitectos João Santa-Rita, Pedro Guedes Lebre, Rui Pedro Sá, Tiago Anastácio e Artur Simões Dias. A sua constituição representou a formalização de uma Equipa com largos anos de experiência de trabalho conjunto.
A sua atividade tem-se desenvolvido no âmbito do sector público e privado tendo elaborado projetos para diversas instituições, nas áreas do Planeamento/Desenho Urbano, Reabilitação Urbana, Arquitectura, Arquitetura de Interiores, Desenho de Mobiliário, Concepção de Exposições, compreendendo ainda a elaboração de Concursos de âmbito Nacional e Internacional.
O Atelier tem estabelecido parcerias internacionais no sentido de alargar a sua intervenção.
No âmbito dos Projetos em elaboração destacam-se os seguintes:

Projectos em carteira:
– Projeto do Pavilhão de Portugal, Feira Internacional do Livro, Guadalajara (México)
– Reabilitação de um Edifício Histórico, Baixa Pombalina (Lisboa)
– Reabilitação e Ampliação de um Palacete, Lapa (Lisboa)
– Estudo de Ocupação da Zona A do Cabanas Golf (Oeiras)
– Reconversão de um Edifício de Escritórios em Habitação, Avenidas Novas (Lisboa)
– Projecto de Alteração de conjunto de edifícios de Habitação, Rua da Centieira, (Lisboa)

Comentários:

Deixar uma resposta

Tem de ter a sessão iniciada para publicar um comentário.