Obra de construção do túnel do Mercado do Bolhão

#mno_obras_bolhao_primeiro_dia_09

O concurso para a construção do túnel para acesso à cave do Mercado do Bolhão, que integra o projeto de restauro do emblemático edifício, foi lançado este mês de agosto. O investimento ronda os 3,5 milhões de euros e o prazo de execução é de um ano.

Será a grande novidade do projeto de requalificação do Mercado do Bolhão. A cave logística, que funcionará como infraestrutura de apoio à atividade do comércio de produtos alimentares, é projetada com o objetivo de otimizar as condições de trabalho, higiene e segurança alimentar.

Para tal, há que iniciar a construção do túnel, que possibilitará o devido acesso dos transportes de abastecimento à cave. O concurso público, lançado recentemente em Diário da República, materializa esse desígnio. A ligação será feita através pelo início da Rua do Ateneu Comercial, através de dois edifícios devolutos que a Câmara já adquiriu, até à Rua de Alexandre Braga.

De acordo com a entrevista que Francisco Rocha Antunes, do Gabinete do Mercado do Bolhão, deu ao Jornal Porto., a cave logística “vai ocupar o miolo do edifício com câmaras frigoríficas, armazéns, produção de gelo, e cargas e descargas. Contempla ainda uma zona de balneários e um espaço de separação e de tratamento dos resíduos. A cave permite-nos a qualificação do Mercado do Bolhão”.

Melhores acessos, possibilitarão assim, alargar a área de influência do restaurado Mercado do Bolhão, cujas obras iniciaram-se a 15 de maio, de acordo com o planeamento previsto pela Câmara do Porto.

Na mesma altura, a maior parte dos comerciantes e inquilinos que assim pretenderam transitaram para o Mercado Temporário do Bolhão, a escassos 200 metros de distância do centenário equipamento (Rua Fernandes Tomás, n.º 506/508), local que oferece condições de excelência para a continuidade das suas atividades durante o período estimado de dois anos de obra.

Concurso: Empreitada de Construção do Túnel Urbano que liga a Rua do Ateneu Comercial do Porto à Rua Alexandre Braga

 

Comentários:

Deixar uma resposta

Tem de ter a sessão iniciada para publicar um comentário.