Hospital Vila Real – Luz Saúde. Conheça o Atelier Aqui!

exterior-VilaRealCam_A

O Imóvel localiza-se no Centro Histórico da cidade de Vila Real, numa zona primordial com vários equipamentos na envolvente mais próxima, bons acessos viários e pedonais, tal como uma considerável oferta de transportes públicos e locais de estacionamento.

Esta obra consiste na criação de uma Unidade Hospitalar com Internamento, de grande interesse para a cidade e respetiva região, e de uma fração independente de Comércio.

A proposta da OPENBOOK Architecture enquadra-se conforme Plano Diretor Municipal de Vila Real na Zona de Proteção da Sé de Vila Real, em zona de proteção do Alto Douro Vinhateiro e inserido na área de intervenção regida pelo Plano de Pormenor do Centro Histórico de Vila Real.

O projeto considera a reconstrução e adaptação de um edifício existente a uma Unidade Hospitalar (Equipamento e Serviços), propondo a sua ocupação integral num total aproximado de 6.800m2 de área bruta de construção, com uma área de implantação que abrange quase a totalidade do lote.

De acordo com o projeto, a unidade hospitalar prevê as seguintes Unidades: Unidade de Cirurgia Ambulatória, Unidade de Internamento, Unidade de Obstetrícia e Neonatologia, bem como Consultas Externas e serviço de Imagiologia.

É de salientar que o imóvel existente apresenta um desenho muito simples ao nível de volumetria e elementos caracterizadores de fachada. Elementos como as molduras de vãos, as caixilharias, guardas de varandas, o desenho de beirado ou a ausência de cunhais, todos eles apresentam um desenho muito simplista, sem qualquer reforço ou valorização dos elementos principais, características que se observam em outras edificações mais nobres do referido contexto.

A imagem do edifício principal (zona da avenida principal) é respeitada, propondo-se a reabilitação e beneficiação de todos elementos que se preveem manter. Foi proposta a demolição de todo o interior do edifício e volumes existentes a tardoz, mantendo-se apenas a fachada principal e as duas fachadas laterais adjacentes do edifício principal, voltadas para a Sé e para o largo Conde d’Amarante.

Apresentação 1

Relativamente à solução apresentada para a zona tardoz da edificação, foi igualmente proposta a demolição de toda a edificação existente e a construção de uma nova volumetria com desenho de alçado e de volumes que se traduzem numa interpretação e estilização do edificado existente. O jogo dos referidos volumes minimiza o impacto da ampliação proposta. Os novos volumes são revestidos a pedra idêntica à existente (granito amarelo), com uma estereotomia que se relaciona com a métrica dos vãos e restantes elementos caracterizadores das fachadas. A métrica da estereotomia atribui escala humana à edificação conferindo maior proximidade à respetiva vivência e relação com o utente e utilizador do espaço urbano.

Assim, mantém-se a imagem do edifício existente, a sua extensão e continuidade para os novos volumes, através de uma evolução da linguagem e intervenção arquitetónica, propondo um edifício único contrariamente ao que atualmente se observa (duas construções independentes e dissonantes entre si).

A proposta e desenho arquitetónico da OPENBOOK Architecture reflete o estudo histórico efetuado, obtendo-se uma perfeita consonância com as pré-existências e restante edificado envolvente, valorizando desta forma o contexto urbanístico e a vivência urbana da própria cidade.

 

OBK_PartnersOpenbook - ArchitectureA OPENBOOK Architecture é um atelier português de arquitetura multidisciplinar, fundado em 2007, composto por uma equipa de cerca de 30 pessoas, incluindo arquitetos, designers e gestores de projeto. A experiência da sua equipa é refletida no seu vasto portfolio em áreas como a habitação, turismo & lazer, equipamentos de educação e desporto, centros comerciais, logística, comércio e indústria ou projetos urbanísticos, sendo especialista na vertente de edifícios corporativos e unidades de saúde/hospitalares.
A OPENBOOK Architecture confere uma visão estratégica implementada através de um ecossistema próprio que engloba a Arquitetura, a Consultoria, a Engenharia e a Gestão Global do Projeto, a qual inclui, estudos de viabilidade económica, angariação de investidores, desenvolvimentos de projetos e controlo da construção.
Através do inovador conceito OPENBOOK Office Brandchitecture,

acompanhando a identidade da marca/empresa e incorporando-a na íntegra na sua visão do espaço a ser intervencionado, o atelier distingue-se nesta vertente pelo desenvolvimento e entrega de importantes projetos de referência nacional e internacional, de que são exemplos mais emblemáticos, a criação do HUB da Deloitte, os escritórios da Everis e da Vieira de Almeida Advogados (Prémio Reabilitação, na categoria Escritórios, atribuído pela Magazine Imobiliário) ou da Abreu Advogados (Prémio Nacional de Reabilitação Urbana 2018, categoria Comercial & Serviços), e ainda o representativo edifício para a NOKIA Conhecimento.

Projectos em carteira:
- Hospital Luz Saúde, Vila Real;
– Nova sede da consultora KPMG, Lisboa

Comentários:

Deixar uma resposta

Tem de ter a sessão iniciada para publicar um comentário.