NAPPE. Conheça o Atelier Aqui!

Revista Anteprojectos - Julho 2018 - 01

NAPPE é uma peça permanente junto a um novo centro de exposições em Taipei, o National Exhibition Centre. FAHR apresenta uma peça relacionada com as características da montanha de Jade e da topografia de Taiwan. Um pavilhão ao ar livre que atrai os cidadãos em uma nova experiência e sentimento da cidade.
Taiwan é conhecida por seus valores culturais impressos em seu território. Geologicamente, a ilha é conhecida como um laboratório natural de formação de montanhas, com uma enorme diversidade de natureza magistral. Sinónimo disso é também o culto a Yushan e Jade Mountain. O pico mais alto da ilha é conhecido como símbolo de pureza, honestidade e valores da nação.
NAPPE é uma estrutura de wireframe cénica que liberta o piso térreo, para o movimento e o percurso das pessoas.
Quando a peça toca o solo, são criados jardins para um ambiente mais atraente, transformando esta peça num verdadeiro espaço urbano.
A obra também propõe espaços cenográficos, que apresentam múltiplas possibilidades de apresentação de arte pública, performances, shows, etc.
A leveza e transparência da estrutura atrai um espaço dinâmico e morfológico que convida as pessoas a se aproximarem.
A malha de NAPPE recebe a cor dos gráficos topográficos em relação à sua forma topográfica. Como a peça é uma representação da montanha de Jade, as cores escolhidas aparecem num gradiente entre o amarelo elétrico e o roxo escuro.

Revista Anteprojectos - Julho 2018 - 02

A intervenção artística desenvolvida por FAHR é constituída por perfis de aço soldados, mais espessos na base e mais finos na parte superior, conectados por 65 linhas de aço com 245 metros lineares. A função dos tirantes de aço é garantir que todos os elementos funcionem como uma única estrutura em relação a ações externas, como o vento e as ações sísmicas.

Revista Anteprojectos - Julho 2018 - 03Revista Anteprojectos - Julho 2018 - 04FAHR 021.3® é um estúdio criativo e experimental premiado internacionalmente, que (des)foca o seu trabalho entre a Arte e a Arquitetura.
Proveniente da palavra germânica Erfahrung (experiência), FAHR 021.3 apresenta-se como uma oficina laboratorial que desenvolve estratégias conceptuais no limiar da contradição, da descontextualização e do inesperado.
A inquietude e a vontade constante de procurar novas soluções, dão origem a uma diversidade de atuações que variam na escala, temporalidade, materiais, cor e manifesto.
Explorando a fronteira entre disciplinas, FAHR desenvolve intervenções arquitectónicas em diferentes escalas com novos fins imaginativos.
FAHR021.3® foi fundada por Filipa Frois Almeida e Hugo Reis em 2012 no Porto.

Principais Projetos em Carteira:
Realizados
– GARDEN PAVILION SERRALVES, 32ª Bienal de São Paulo, Incerteza Viva, hosting ‘Estás vendo coisas’, Bárbara Wagner & Benjamin de Burca, Fundação de Serralves, Porto, 2016-2017
– ECLIPSE, Porto, Alumia, Porto Lazer, 2016-2017
– METAMORFOSE, Porto, Locomotiva, Porto Lazer, 2014-2016

Projectos em carteira:
– Moradias Unifamiliares – Porto
– PAVILHÃO EXPOSITIVO FERNAND LÉGER, Norte Shopping, Sonae Sierra, 1º prémio
– NOOK, Pavilhão no parque, Taiwan Railway Old Dormitory Business Circle, Taitung, Taiwan

Comentários:

Deixar uma resposta

Tem de ter a sessão iniciada para publicar um comentário.