Crescimento e reconstrução do Edifício Alfredo Milne e Carmo

Tudo será construído em madeira!
Mas a madeira não é combustível? Não existe o receio da catástrofe voltar a acontecer? Sim a madeira é combustível, mas existem muitos mais produtos ou industrias que trabalham com substâncias muito mais combustíveis. Até porque a construção em madeira resiste mais tempo ao colapso pelo fogo que qualquer outro material de construção. O aço foi o material de construção do séc. XIX, o betão do séc. XX e a madeira será do séc. XXI.
Vamos sim investir com meios próprios no nosso sistema de prevenção e combate a incêndios com a ajuda da proteção civil, iremos aumentar os nossos reservatórios de água dedicados ao efeito, estender centenas de metros de condutas, bocas de incendio e bombas a gasolina especiais. Iremos ter veículos móveis de combate rápido e a nossa brigada de “bombeiros” treinados e alerta para os dias “laranja e vermelhos”. Os investimentos de 30 milhões representam, a reconstrução e também a execução do nosso plano estratégico de investimento até ao ano de 2020, só que será todo executado em 2018. Crescemos 30% em 2017, as nossas previsões apontam para um crescimento recorde de 46% em 2018. Que nos ajudem os nossos fornecedores – grandes amigos- que nunca duvidaram da nossa capacidade. Que nos protejam os nossos muitos amigos que acreditam em nós. Que nos deem valor os nossos preciosos clientes que nunca nos abandonaram e souberam compreender um ou outro problema causado pela grande catástrofe que graças a Deus já passou.
A Carmo Estruturas em Madeiras terá uma nova carpintaria com mais 30% de área coberta e máquinas mais produtivas, robotizadas e com mais capacidade, o que permitirá dar resposta ao aumento exponencial dos mercados de construção em madeira em Portugal, França e Espanha. Os novos escritórios prometem albergar com toda a comodidade as dezenas de engenheiros e arquitetos que ali trabalham na área técnica.
A Carmo S.A. terá uma nova fábrica de mobiliário, assim como uma moderna metalomecânica. Ainda um novo pavilhão para produto acabado e mais outro que duplica a capacidade de tratamento industrial de madeiras. Também os secadores estão a ser ampliados para o dobro.

Edifício Alfredo Milne e Carmo
Não podíamos perder a oportunidade de batizar o edifício principal de escritórios com o nome do homem que iniciou a nossa indústria em Portugal, um dos fundadores da empresa que certamente ficará orgulhoso com o realizado.
O edifício de dois andares com cerca de 2000 m2 contará com uma zona de showroom, uma sala de audiências, um laboratório e espaço para recebermos os nossos fornecedores e clientes portugueses e oriundos de todo o mundo.
É uma solução Carmo, um projeto em madeira lamelada e cruzada, construída com matérias e autossuficientes em termos energéticos. Á entrada terá um S. José a dar as boas-vindas aos que lá entrarem. Esta imagem tem uma história, sempre achámos a figura bíblica do S. José muito adequada a ser o nosso protetor, acima de tudo por ter sido carpinteiro o que é no fundo o que nós somos (dos tempos modernos). Todos os nossos escritórios têm uma figura de S. José invocando a vontade de construir, de servir e do bem fazer. No caso de Oliveira de Frades esta imagem estava colocada na sala de reunião e receção de visitas em cima de uma bancada de carpinteiro antiga, recuperada e rodeada de ferramentas velhas que os carpinteiros de á mais de um século usavam para trabalhar a madeira. Ficamos tristes quando soubemos que todo o edifício ruiu e que não se aproveitava absolutamente nada, incluído a tal imagem. Três dias volvidos sobre o sinistro data, e quando alguns bombeiros conseguiram abrir caminho através dos escombros foram encontrar o nosso S. José intacto em cima da mesa de trabalho e rodeado das ditas ferramentas, vai se lá saber como, talvez para nos dar mais ânimo para continuarmos a fazermos ainda melhor aquilo em que tínhamos posto tanto amor e carinho.
O investimento será de 200.000 Euros”

Carmo_Logo_HorizontalSEDE – LISBOA
Av. Marquês de Tomar, Nº 2, 4º 1050 – 155 Lisboa
Telefone: +351 213 132 200 | Fax: +351 213 132 205
Email: [email protected]

Comentários:

Deixar uma resposta

Tem de ter a sessão iniciada para publicar um comentário.