Interface amplia oferta com revestimentos vinílicos

Revista Anteprojectos - Novembro 2017 - pag 106a

A Interface, líder mundial no fabrico de pavimentos têxteis e em sustentabilidade, anunciou o aumento do seu portefólio que passou a abranger revestimentos vinílicos, com o objetivo de ampliar a sua oferta de produtos de revestimentos modulares.
Segundo a empresa, “esta expansão permitirá apresentar uma extensa oferta integrada de revestimentos resilientes, têxteis, flexíveis e compatíveis com o sistema modelar da Interface, a arquitectos, designers, distribuidores e cliente final.”
Um dos objectivos da empresa é “desenvolver uma produção mais sustentável”, nomeadamente através do que intitula compromisso Mission Zero® “ centrado em eliminar todo o impacto ambiental negativo da empresa antes de 2020” e que tem permitido à Interface “liderar na indústria, na criação de melhores práticas sustentáveis. “Em consequência, a Interface tem agora como missão transferida para a categoria de pavimentos LVT, o foco em sustentabilidade, desafiando o sector para melhorar a sustentabilidade dos produtos existentes gerando um impacto positivo e duradouro, a montante e jusante da sua produção.”
A nova oferta de produtos LVT da Interface “reflete estas novas tendências, em que domina a mistura de texturas, cores e padrões inspirados em materiais recuperados e reciclados. Apresentando o uso de tons claros para aumentar reflexão da luz e do design biofílico que tem a natureza como protagonista absoluto.
Esta primeira coleção de LVT, pavimento vinílico de luxo de Interface (Luxury Vinyl Tyle), foi desenvolvida “com os padrões de desenho e rendimento mais exigentes, respeitando as melhores praticas sustentáveis”. Além disso “ a compatibilidade com a oferta real de pavimentos modelares, permite aos clientes explorar nova possibilidades de design, em todo o tipo de aplicações e superfícies”.
A Interface entra na categoria dos pavimentos com uma coleção de produtos que foi desenhada tendo em consideração o impacto dos seus materiais e reciclagem, com o compromisso de declarações ambientais certificadas (EPDs, em inglês) em toda a gama de solos Resilientes, à semelhança do ocorrido com os pavimentos têxteis. Os ladrilhos de LVT são produzidos de acordo com um controle exaustivo de materiais, para garantir que podem ser reciclados no final da sua vida útil, através do programa ReEntry, programa de reciclagem da Interface. Por sua vez, estes mesmos materiais são aprovados para suporte reciclado desenvolvido por Interface (GlasBac®RE).

Revista Anteprojectos - Novembro 2017 - pag 106b

Comentários:

Deixar uma resposta

Tem de ter a sessão iniciada para publicar um comentário.